Clique e assine por apenas 7,90/mês

Secretaria de Urbanismo atual desconhece resolução de 2003

Texto previa a extensão da Rua Nelson Mandela até a Rua General Polidoro, cortando ao meio um cobiçado terreno de 6 000 m²

Por Rafael Sento Sé - Atualizado em 25 maio 2017, 14h00 - Publicado em 20 maio 2017, 00h02

Assinada em 2003 por Alfredo Sirkis, então secretário municipal de Urbanismo, a Resolução 481, que regulamenta o alinhamento da Rua Nelson Mandela, em Botafogo, perdeu-se na burocracia. O texto prevê a extensão da via até a Rua General Polidoro, cortando ao meio um cobiçado terreno de 6 000 metros quadrados. Procurada, a atual Secretaria Municipal de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação afirma desconhecer a existência de qualquer projeto para a área, usada
pela construtora Odebrecht como canteiro de obras do metrô por mais de vinte anos. Presidente da companhia estadual RioTrilhos, Tatiana Vaz Carius informou a representantes da Associação de Moradores e Amigos de Botafogo, em dezembro, a intenção de vender o lote, que pertence ao órgão. Na semana passada, em entrevista a VEJA RIO, a dirigente garantiu que a lei será respeitada. A ver.

LEIA MAIS HISTÓRIAS CARIOCAS:

+ Maior tela de cinema ao ar livre do mundo chega ao Rio

+ Escola de Horticultura Wencesláo Bello completa 120 anos em 2017

+ Mais de 1300 esfihas são vendidas toda sexta no Largo do Machado

Publicidade

+ Torre do antigo Mercado Municipal abriga restaurante

Publicidade