Clique e assine por apenas 7,90/mês

Riotur lamenta acidentes e promete ações para 2018

Prioridade sempre será a segurança e o conforto dos foliões, assegurou o órgão

Por Agência Brasil - Atualizado em 1 mar 2017, 15h54 - Publicado em 1 mar 2017, 15h52

Em nota divulgada há pouco, a Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur) lamentou “profundamente” os acidentes ocorridos nos dois dias de desfile das escolas de samba do Grupo Especial, na Marquês de Sapucaí, e prometeu tomar medidas para evitar novos problemas.

O primeiro acidente ocorreu no domingo (26) com um carro alegórico da Paraíso do Tuiuti, que atropelou cerca de 20 pessoas, deixando três feridas em estado grave. O segundo foi registrado na madrugada de terça (28), com o carro abre alas da Unidos da Tijuca, quarta escola do Grupo Especial a desfilar.

O presidente da Riotur, Marcelo Alves, informou que logo após o carnaval, a Riotur, a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), a Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Lierj) e demais órgãos envolvidos na organização do carnaval carioca vão se reunir para tomar providências que evitem a repetição de incidentes do gênero.

O grupo vai propor também melhorias para o carnaval de 2018. “A prioridade sempre será a segurança e o conforto dos foliões, estejam eles desfilando ou na plateia”, assegurou a Riotur, na nota. A entidade aguarda o resultado da perícia que será feita no carro alegórico da Paraíso do Tuiuti, amanhã (1º de março), pela Polícia Civil.

Publicidade