Clique e assine por apenas 4,90/mês

RIOgaleão troca nome temporariamente para Maria da Penha

A intenção é dar visibilidade à luta pelos direitos das mulheres e provocar a discussão

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 7 mar 2017, 17h48 - Publicado em 7 mar 2017, 17h34
maria-da-penha-autodromo
Felipe Fittipaldi

Entre a quarta (8) e 18 de março, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, Maria da Penha emprestará seu nome ao RIOgaleão. O novo título faz referência a Maria da Penha Maia Fernandes, líder de movimentos de defesa dos direitos das mulheres e vítima emblemática da violência doméstica. A intenção é dar visibilidade à causa e provocar a discussão de temas relevantes com relação ao direito das mulheres.

Junto com o RIOgaleão, a GOL Linhas Aéreas também adotará o título provisório “Aeroporto Maria da Penha” no discurso que os pilotos realizarem nos pousos e decolagens no aeroporto internacional carioca. Neste período, o Aeroporto Internacional Tom Jobim estará ambientado com peças da campanha e terá a voz de Iris Lettieri dando as boas-vindas aos visitantes que utilizarem o estacionamento. Para completar, a Rádio RIOgaleão apresentará, durante uma hora por dia, o programa “Agora é que São Elas”, com um repertório de músicas de grandes nomes femininos da música popular brasileira.

Publicidade