Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Surto de gripe: sem vacinas, Rio pede ajuda e lote virá do Butantan

Laboratório paulista ofereceu 300 000 doses do imunizante, previstas para chegar nos próximos dias

Por Redação 8 dez 2021, 13h04

Com o estoque zerado de vacinas contra a gripe, a Prefeitura do Rio pediu ajuda ao Instituto Butantan, em São Paulo, para se reabastecer, uma vez que a campanha de imunização está paralisada há seis dias por falta de doses. Desde o início do surto na cidade, já foram registrados mais de 20 000 casos.

+Mais de 20 mil casos de gripe já foram registrados desde o início do surto no Rio

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, o Butantan se ofereceu a doar 300 000l doses para o Rio, previstas para desembarcar por aqui nos próximos dias.

Quanto ao Ministério da Saúde, uma leva com 100 000 doses estava prevista para chegar ainda nesta quarta (8) – inicialmente, o prazo era segunda (6). Ou seja, já há um atraso de dois dias.

+Réveillon: governador quer manter queima de fogos e caixas de som em Copacabana

Diante do panorama, as secretarias de Saúde recomendam que pessoas com sintomas leves de gripe procurem as unidades de atenção primária e as tendas, distribuídas  pela UPA de Botafogo, UPA de Marechal Hermes, UPA da Tijuca e Vila Olímpica do Alemão.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade