Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Rio na retomada: quatro eventos-teste acontecem nesta semana

Nesta semana, a prefeitura autorizou duas partidas do Fluminense no Maracanã, um festival de rock e uma festa no Parque dos Atletas

Por Luiza Maia Atualizado em 4 out 2021, 21h08 - Publicado em 4 out 2021, 13h02

Com mais de 65% da população a partir de 12 anos com esquema vacinal completo, a cidade do Rio recebe novos eventos-teste em outubro com flexibilizações das medidas sanitárias. Entre os dias 4 a 10, a prefeitura autorizou a presença do público em dois jogos do Fluminense, um festival de rock no Centro e uma festa na Barra da Tijuca.

+ Ingressos para festas de Réveillon no Rio já estão à venda; veja as principais

Nesta semana, o Fluminense compete na quarta (6) contra o Fortaleza e no sábado (9) contra o Atlético-GO. Foram liberados até 20 000 torcedores no Maracanã em cada partida, o que corresponde a 30% de ocupação do estádio.

O uso da máscara de proteção facial é obrigatório, assim como a entrada mediante o certificado de vacinação e o teste de Covid negativo realizado, no mínimo, 48h antes do jogo.

+ Efeito vacina: Rio registra menor número de internações desde o início da pandemia

Também no sábado (9), está previsto o início do Festival Rock Brasil 40 anos, o primeiro grande show ao ar livre no Rio em tempos de pandemia. Até 31 de outubro, 2 500 pessoas poderão curtir as apresentações em uma área de 11 500 metros quadrados em frente à Igreja da Candelária, no Centro.

Continua após a publicidade

Na mesma data, será realizada uma festa no Parque dos Atletas, na Zona Oeste. Em ambos eventos, a entrada será obrigatória mediante o comprovante da vacina e o teste de Covid negativo – a máscara facial, no entanto, terá uso opcional entre os participantes.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

No último fim de semana, dois eventos-teste sem uso de máscara e distanciamento social foram realizados na cidade. Um aniversário para 500 pessoas foi celebrado no Copacabana Palace e uma festa de música eletrônica para 5 000 pessoas foi realizada no Alto da Boavista.

Os participantes precisaram comprovar que estavam vacinados e com testes PCR negativos. Todos que marcaram presença deverão ser monitorados por duas semanas pela Secretaria Municipal de Saúde.

 

Continua após a publicidade

Publicidade