Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Rio Ônibus critica prefeitura nas redes sociais

Batizada de "Sistema em colapso", campanha reúne posicionamentos da entidade e críticas à gestão de Crivella

Por Redação Veja Rio 18 out 2017, 14h08

onibus-zona-sul.jpg

Desde o último sábado, o sindicato das empresas de ônibus da cidade do Rio (Rio Ônibus) lidera uma campanha nas redes sociais contra a prefeitura. Batizada de “Sistema em colapso”, a iniciativa reúne posicionamentos da entidade e críticas à gestão do prefeito Marcelo Crivella.

De acordo com o sindicato, a falta do reajuste anual em 2017, combinada com a redução da tarifa decretada pela Justiça em agosto e a pouca fiscalização à atividade de vans e kombis representa uma ameaça ao bom funcionamento das empresas de ônibus. “A piora na qualidade do serviço já é sentida principalmente nas empresas que circulam nas Zonas Oeste e Norte”, afirma o texto publicado no Twitter.

A campanha associa ainda os problemas à crise vivida pelas transportadoras cariocas. Ao todo, 7 delas fecharam nos últimos dois anos, deixando mais de 3 mil pessoas desempregadas. Em outra série de publicações, o Rio Ônibus defende que a prefeitura crie um cronograma para que seja feita a climatização de 100% da frota.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade