Clique e assine por apenas 4,90/mês

Rio Mapping Festival vai iluminar vários pontos do Rio

A programação transforma marcos cariocas em suportes para a criação artística

Por Heloíza Gomes - Atualizado em 11 abr 2017, 22h07 - Publicado em 8 abr 2017, 00h39
Ierê Ferreira/Divulgação

Em cartaz até o fim do mês, o Rio Mapping Festival vai pintar de luz vários pontos da cidade. A programação, dedicada aos artistas do videomapping (projeção de vídeo em superfícies não convencionais), transforma marcos cariocas em suportes para a criação artística. Ao longo da semana, boa parte das apresentações vai ocupar o Núcleo de Ativação Urbana (NAU), no Santo Cristo, sede oficial do evento. Na quinta (13), por exemplo, o DJ Marcelinho da Lua vai dividir as atenções com um encontro de VJs a partir das 17 horas. Adiante, o festival ganha as ruas. Sempre das 18 às 23 horas, estão previstas intervenções na fachada da Câmara dos Vereadores (no dia 20), no Morro da Providência (21) e no Real Gabinete Português de Leitura (22). No Dia de São Jorge (23), a igreja devotada ao santo guerreiro, em Quintino, também vai ganhar iluminação especial. Programe-se.

Publicidade