Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Rio mantém a proibição de eventos, boates e rodas de samba

Medidas restritivas seguem em vigor até o dia 31 de maio. Eventos em locais públicos e privados seguem impedidos

Por Luiza Maia 20 Maio 2021, 11h48

Nesta quinta (20), a prefeitura do Rio decidiu prorrogar as medidas restritivas em combate à Covid-19 até o dia 31 de maio. O decreto publicado no Diário Oficial do Município mantém proibido o funcionamento de boates, danceterias, salões de dança, além de eventos em locais públicos e privados.

A realização de festas e rodas de samba está proibida, assim como a entrada de veículos fretados no município, com exceção dos serviços regulares para hotéis.

Segundo boletim divulgado, todas as regiões da cidade seguem em risco alto para Covid, considerando o balanço no número de casos, mortes e internações pela doença.

Continuam liberados

Bares e restaurantes podem abrir sem restrições de horário, com música ao vivo permitida somente até as 23h e distanciamento mínimo entre as mesas de dois metros. As academias de ginástica podem manter as aulas coletivas também com distanciamento de dois metros entre os praticantes.

Estabelecimentos em shoppings e centros comerciais, assim como espaços culturais e de lazer (como casas de espetáculo, cinemas, parques de diversões), devem ter ocupação máxima de 40% em ambientes fechados, e de 60% em locais abertos.

Praias, parques e cachoeiras seguem liberados em todos os dias da semana, assim como a presença de vendedores ambulantes.

Continua após a publicidade
Publicidade