Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Rio terá bosque em homenagem às vítimas da Covid e profissionais da saúde

Apoiado pela ONU, o projeto realizará o plantio de 30 árvores na Alameda Sandra Alvim, no Recreio dos Bandeirantes, nos dias 12 e 13 de junho

Por Luiza Maia Atualizado em 24 Maio 2021, 16h25 - Publicado em 24 Maio 2021, 16h21

Uma singela homenagem será erguida no Rio para as vítimas de Covid-19 e profissionais da saúde que têm atuado no enfrentamento da pandemia. O Bosque da Memória, projeto apoiado pela ONU, terá 30 árvores em uma área de 600m², cada uma identificada com o nome de uma pessoa que morreu da doença.

+ Favela da Rocinha terá mapa em 3D para o desenvolvimento de melhorias

Espécies de ipê amarelo, pau-brasil, pitanga, graviola, caju, acerola, e outras, doadas por familiares e amigos de vítimas da doença, serão plantadas na Alameda Sandra Alvim, no Recreio dos Bandeirantes.

Com apoio da Fundação Parques e Jardins (FPJ), a iniciativa promoverá o plantio simbólico das mudas pelas famílias nos dias 12 e 13 de junho, para evitar aglomerações, das 10h às 11h30.

+ Compre local: carioca cria aplicativo que incentiva o consumo no bairro

Durante o plantio, serão realizadas cerimônias ecumênicas com a presença do projeto sinfônico A Quarta Corda, formado por adolescentes de comunidades.

As famílias interessadas podem se inscrever para participar até o dia 30 de maio. Mais informações podem ser obtidas através do email: grupo.patativas@gmail.com.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade