Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Rio 2016 começa a fazer reembolso de ingressos

Ainda há mais de 6000 pessoas que precisam ser restituídas de seus ingressos. Há quatro possibilidades para a devolução

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 7 jun 2017, 15h04 - Publicado em 7 jun 2017, 14h54

O comitê Rio 2016 começa na quarta (7) a fazer o reembolso dos valores de revenda dos ingressos da Olimpíada ou nos casos de pessoas que as partidas foram transferidas. Segundo levantamento do Procon ainda há 6600 pessoas esperando a solução sobre os ingressos nove meses depois do evento. A agência assinou um acordo com os organizadores para solucionar os problemas.

Quem quiser fazer contato para falar sobre o assunto como o comitê deve escrever para o email reembolso@rio2016.com, informando nome completo, CPF, e-mail cadastrado para a compra e dados bancários. O consumidor tem de ser o titular da compra do ingresso. Quem enviar o e-mail até o dia 1º de julho será ressarcido em 20 dias após o recebimento da mensagem.

Existem quatro situações em que é possível receber devolução dos valores do ingresso. A primeira é para os que fizeram a venda através do programa de Revenda Rio 2016 e não receberam. A segunda é o caso dos que tiveram a extinção dos lugares marcados dentro dos setores e se sentiram prejudicados com a mudança. Há ainda os que compraram o ingresso que depois teve o preço reduzido, mas não receberam a diferença e, a quarta e última possibilidade é abrange os que tiveram a alteração do lugar da competição.

  • Publicidade