Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Dose de reforço contra Covid deve ser ampliada a toda a população carioca

Segundo o secretário municipal de saúde, Daniel Soranz, a expectativa é que crianças menores de 12 anos possam ser vacinadas em janeiro ou fevereiro de 2022

Por Redação Atualizado em 27 out 2021, 13h24 - Publicado em 27 out 2021, 13h00

Mais uma boa notícia aos cariocas: a Prefeitura do Rio planeja para 2022 a dose de reforço da vacina contra a Covid-19 para toda a  população carioca. A informação foi dada pelo secretário municipal de saúde, Daniel Soranz, na manhã desta quarta (27).

“A gente deve começar a vacinar o reforço do grupo de 50 anos em janeiro e, gradativamente, para cada um destes grupos. Claro que a prioridade, se houver a liberação da Anvisa, é a vacinação das crianças”, afirmou o secretário.

+Mantenha a máscara: apesar de decreto municipal, estado precisa publicar lei liberando uso em locais abertos

Segundo Soranz, a expectativa é que os menores de 12 anos comecem a ser vacinados em janeiro ou fevereiro do ano que vem. A Pfizer, de acordo com suas explicações, ainda não teria entrado com o pedido para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), responsável pela autorização do uso de vacinas no país.

No Rio, 600 000 pessoas já receberam a dose de reforço, montante que inclui idosos, profissionais de saúde e pessoas com comorbidades.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade