Clique e assine por apenas 4,90/mês

Protesto de alunos do CAP da UERJ termina em tumulto

Confusão envolveu estudantes e funcionários do CAP em frente à reitoria, no Maracanã

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 dez 2016, 12h19 - Publicado em 12 mar 2015, 16h22

Um protesto de alunos do Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira, conhecido no Rio como Colégio de Aplicação da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), terminou em tumulto e empurrões entre os manifestantes e seguranças. A confusão ocorreu na manhã desta quarta-feira em frente à reitoria, no Maracanã, zona norte do Rio. Pelo menos um aluno teria sido agredido. O caso foi registrado na 18ª DP (Praça da Bandeira), que abriu inquérito.

O início das aulas deste ano no colégio estava previsto para 3 de março, mas, por falta de professores e de verba para pagar os funcionários da limpeza e da segurança, foi adiado inicialmente para o dia 9 e depois para o dia 16. Diante dos dois adiamentos e da sucessão de problemas, alunos da instituição, a maioria acompanhada pelos pais, fizeram um ato hoje em frente ao campus da Uerj no Maracanã. Em seguida, o grupo foi até o prédio da reitoria com o objetivo de reclamar diretamente com a direção. Mas o reitor Ricardo Vieiralves, não estava. O grupo se aglomerou na porta do edifício.

“Eles tentaram invadir a reitoria”, afirmou Antônio Fernandes, um dos coordenadores do Sintuperj, o sindicato de trabalhadores das universidades públicas do Estado do Rio.

Os seguranças impediram a ocupação e, durante o tumulto, houve empurrões e pessoas caíram. Nesse momento, um segurança teria atingido voluntariamente o aluno Matheus Zanon, de 16 anos, presidente do grêmio estudantil do colégio.

Em nota à comunidade acadêmica, a direção do colégio lamentou o ocorrido. A instituição admite a falta de professores e dois meses de salários atrasados para os terceirizados dos setores de limpeza e vigilância. Informa ainda que e aguarda repasse de verbas pelo governo estadual, para regularizar a situação. Segundo a Secretaria Estadual da Fazenda, o próximo repasse ocorrerá em 17 de março.

Publicidade