Clique e assine por apenas 7,90/mês

Projeto de lei prevê anúncios em cadeiras e guarda-sóis de praia

Caso seja aprovado em votação no plenário, utensílios poderão ganhar patrocinadores em franjas e utensílios

Por Rafael Sento Sé - Atualizado em 8 mar 2018, 21h43 - Publicado em 8 mar 2018, 19h41

Guarda-sóis e cadeiras de praia voltarão a estampar marcas de patrocinadores caso o projeto de lei nº 648, de autoria do vereador João Ricardo (PSDB), seja aprovado em votação no plenário prevista para abril. A proposta libera a publicidade em áreas específicas, como franjas e costas dos utensílios, além de estabelecer modelos e cores para as tendas onde ficam os  vendedores. A propaganda na areia foi proibida em 2009 pela Secretaria Especial de Ordem Pública, então comandada pelo deputado Rodrigo Bethlem — sim, o “xerife” da gestão do prefeito Eduardo Paes que entrou na mira de investigações do Ministério Público e, desde o ano passado, na longa lista de suspeitos da Operação Lava-Jato.

Publicidade