Clique e assine por apenas 7,90/mês

Prefeitura fecha retorno de via onde turistas argentinas morreram

A Avenida Alexandre Ferreira foi interditada pela CET-Rio, que fez alterações no trânsito da região

Por Redação VEJA RIO - 9 jan 2018, 14h37

A CET-Rio interditou o retorno da Avenida Alexandre Ferreira nos dois sentidos, depois do acidente que matou duas turistas argentinas e feriu quatro parentes delas na Lagoa. Os motoristas que precisam acessar a Rua General Tasso Fragoso, no sentido Avenida Borges de Medeiros, devem seguir mais à frente e retornar na Rua Doutor Neves da Rocha, onde a visibilidade é melhor. No sentido inverso, é necessário ir até o retorno na Rua Maria Angélica, onde há um semáforo.

A sinalização das vias e as advertências serão reforçadas para informar motoristas sobre o limite de velocidade e alertar para as consequências do excesso de velocidade e do desrespeito ás regras de trânsito, de acordo com a prefeitura. Ainda haverá revisão do tempo do sinal para acessar a Borges de Medeiros.

Publicidade