Clique e assine por apenas 4,90/mês

Prédios comerciais têm dificuldade para atrair condôminos

Jardim Botânico vive boom de edifícios comerciais, mas não os espaços não estão sendo alugados ou comprados

Por Rafael Sento Sé - 22 dez 2017, 13h00

Região residencial valorizada, o Jardim Botânico vive um boom de prédios comerciais. Em um trecho de 500 metros da via principal do bairro se concentram três novos empreendimentos. O primeiro a concluir as obras (na foto), diante do Hospital da Lagoa, ficou pronto em fevereiro e enfrenta o momento adverso do setor imobiliário. A João Fortes informa ter vendido 85% das unidades, mas boa parte delas está nas mãos de imobiliárias e corretores que ainda tentam atrair condôminos dispostos a pagar quase 1 milhão de reais por imóveis de 22 metros quadrados. Dos doze pontos no térreo, sete procuram um dono e outros cinco serão adaptados para receber uma padaria e uma loja de móveis planejados. Perto dali, estão sendo erguidos um edifício da construtora Mozak e outro da Tecto Engenharia.

Publicidade