Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Prédio erguido em área de proteção ambiental em Botafogo é demolido

Construção irregular na Ladeira dos Tabajaras danificou parte da área de conservação do Parque Municipal Paisagem Carioca

Por Luiza Maia Atualizado em 20 ago 2021, 10h33 - Publicado em 19 ago 2021, 12h18

Uma operação nesta quinta (19) demoliu a estrutura de um prédio irregular que estava sendo construído na Ladeira dos Tabajaras, em Botafogo, Zona Sul do Rio. O local é um dos limites do Parque Natural Municipal Paisagem Carioca, situado entre os bairros do Leme, Copacabana, Botafogo e Urca, onde é proibida a extração de recursos naturais.

+ Golpe do WhatsApp: criminosos não poupam nem o prefeito Eduardo Paes

A ação teve início pela manhã, nas proximidades do Cemitério São João Batista. Os acessos à comunidade foram ocupados por policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). Por volta das 6h, os agentes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e da Secretaria Municipal de Conservação chegaram ao local com equipamentos para a retirada.

Sem licença da prefeitura, a obra estava em estágio inicial a médio, pronta para receber um terceiro pavimento. A estrutura já havia sido embargada pela Secretaria de Meio Ambiente, tendo destruído parte da área de proteção ambiental e com risco de desabamento.

+ Covid-19: novo posto de vacinação é inaugurado no Palácio Tiradentes

Continua após a publicidade

Além disso, a construção foi estruturada em cima de uma escada hidráulica, usada para escoar as águas das chuvas.

Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Eduardo Cavaliere, o edifício teria cerca de seis andares e já havia sido alvos de várias denúncias pelo canal 1746. “Esse tipo de construção não só destrói o meio ambiente, como coloca a vida de pessoas em risco”, afirma.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Outras estruturas ilegais no interior da comunidade também foram notificadas pela Secretaria Municipal de Conservação.

Continua após a publicidade

Publicidade