Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Praia da Barra teve o maior número de salvamentos no mar durante feriadão

Praias de Copacabana e de Itaipu, em Niterói, também registraram alto número de afogamentos. Em todo o litoral do estado, ocorreram 2 758 resgates

Por Redação Atualizado em 25 jan 2022, 14h14 - Publicado em 25 jan 2022, 13h18

No feriado prolongado de São Sebastião, padroeiro da cidade do Rio, grande parte dos moradores e turistas aproveitaram os dias de sol e calor para ir à praia o que intensificou o trabalho dos guarda-vidas na orla. De quinta (20) a domingo (23), o Corpo de Bombeiros realizou 2 758 salvamentos no mar em todo o litoral fluminense. Só no domingo (23), a corporação registrou 1 483 afogamentos.

+ Temperaturas seguem subindo durante a semana, mas frente fria chega nesta sexta (28)

O maior número ocorreu na Barra da Tijuca, no 2º Grupamento Marítimo, com 908 resgates. Copacabana foi o segundo lugar com mais socorros prestados (888), enquanto a Praia de Itaipú, em Niterói, contabilizou 265.

Compartilhe essa matéria via:

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

O número total de crianças perdidas nas praias também foi elevado: 402 foram reencontradas pelos agentes. Neste período, os guarda-vidas atuaram em 54 600 ações preventivas pela orla do estado.

Confira as recomendações dos bombeiros para curtir as praias de forma segura:

 – Procurar locais próximos aos postos de guarda-vidas; 
 – Respeitar as placas e/ou bandeiras de sinalização; 
 – Perguntar sempre ao guarda-vidas qual o local mais apropriado para se banhar;
 – Não ingerir bebidas alcoólicas e entrar no mar e evitar entrar na água após se alimentar;
 – Não entrar no mar após longa exposição ao sol, sem antes adaptar seu organismo à temperatura da água. 
 – Não desviar a atenção das crianças e identificá-las com nome e telefone para contato; 
 – Caso saiba e queira nadar, a orientação é praticar a atividade de forma paralela à areia; 
– Evitar locais que são conhecidos como points de surfistas, prevenindo os acidentes com pranchas. 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado, com Blogs e Colunistas que são a cara da cidade.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

App Veja para celular e tablet, atualizado mensalmente com todas as edições da Veja Rio

a partir de R$ 12,90/mês