Continua após publicidade

Policiais Militares do Segurança Presente passam a usar farda

Mudança foi pedida pela própria corporação sob a alegação de que o traje por baixo do tradicional colete do programa pode demonstrar mais presença

Por Redação VEJA RIO Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
2 jul 2018, 17h11

Os Policias Militares que trabalham nos programas Segurança Presente do Rio de Janeiro passaram a usar farda em serviço a partir desta segunda (2). A novidade, divulgada pela coluna de Ancelmo Gois, é fruto de um pedido da própria PM, alegando que o traje por baixo do tradicional colete do programa demonstraria mais presença da tropa nas ruas e passaria mais confiança para a população.

Os agentes civis e ex-militares, como os que participam da acolhida feita aos usuários de drogas, dos menores de idade e de pessoas em situação de rua, vão continuar com a mesma vestimenta. Após Marcelo Crivella ameaçar não renovar o contrato, comerciantes protestaram e a permanência do programa foi garantida após discussão dos termos da renovação. O Estado vai cobrir o corte de 25% que será feito pela prefeitura do Rio.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.