Clique e assine por apenas 4,90/mês

Polícia Militar terá frota renovada

Tribunal de Contas do Estado (TCE) autorizou a compra de 750 novos veículos até março

Por Redação VEJA RIO - 29 dez 2017, 13h27

Nesta quinta-feira (28), a compra de 750 veículos para a Polícia Militar foi autorizada em sessão plenária pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). A renovação da frota acontecerá depois do adiamento da licitação devido a um pedido de revisão do orçamento estimativo.

A redução orçamentária foi de R$ 66.323.853,34 para R$ 64.316.181,86. Ao todo, serão adquiridos 530 veículos rádio patrulha tipo sedan, 50 reservadas do mesmo modelo e 170 patamos (utilitário).

Por conta do adiamento, o valor dos veículos, sem a customização, foi atualizado de acordo com uma pesquisa no site da Fipe, com data base de dezembro de 2017, ao invés de setembro, como feito anteriormente.

Segundo a decisão, a Secretaria de Segurança tem prazo de 90 dias para informar sobre o cumprimento das determinações. Nos últimos meses, além de reportagens que denunciaram o sucateamento dos veículos em uso, policiais foram flagrados empurrando carros enguiçados no Horto e próximo à Rocinha. Também houve denúncias por parte dos policias de viaturas que eram mantidas com peças de segunda mão que eram doadas por oficinas.

Continua após a publicidade
Publicidade