Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Polícia Federal faz ação contra tráfico internacional de armas

Traficantes são acusados de usar o serviço de entrega dos Correios para receber carregadores de fuzil AK-47 precedentes da Polônia

Por Agência Brasil Atualizado em 21 mar 2017, 12h01 - Publicado em 21 mar 2017, 11h45

Policiais federais fazem nesta terça-feira (21) uma operação para prender três acusados de tráfico internacional de armas no Rio de Janeiro. Eles são acusados de usar o serviço de entrega dos Correios para receber carregadores de fuzil AK-47 precedentes da Polônia.

Os carregadores eram usados pela quadrilha que controla a venda de drogas no Morro da Alma, em São Gonçalo, no Grande Rio. Por isso, estão sendo cumpridos mandados em São Gonçalo e Itaboraí. Além dos mandados de prisão, foram expedidos pela Justiça dois mandados de busca e apreensão e um de condução coercitiva.

Entre os acusados está um polonês, já preso em 2014, e sua mulher, que se associaram à quadrilha para trazer o material. As investigações começaram no mês passado, quando uma mulher foi presa em flagrante ao retirar uma encomenda, contendo carregadores de AK-47, na agência dos Correios de Alcântara em São Gonçalo. A ação da Polícia Federal conta com o apoio da Receita Federal e dos Correios.

Publicidade