Clique e assine por apenas 4,90/mês

Empresa pesquisa o poder de compra das favelas do Rio em 2020

Potencial de consumo na Rocinha vai girar em torno de 1,1 bilhão de reais este ano; dados são da empresa Outdoor Social

Por Pedro Tinoco - 6 mar 2020, 12h00

Estima-se que, em 2020, os moradores do Complexo da Maré gastem mais de 80 milhões de reais em alimentação fora de casa. Na Rocinha, o potencial total de consumo vai girar em torno de 1,1 bilhão de reais. Esses são dados da Outdoor Social, empresa fundada em 2012 que oferece mídia para demandas publicitárias e campanhas em comunidades — o negócio já marca presença em 450 cidades nas cinco regiões do Brasil. “Estamos falando de uma população responsável por 10% do potencial de consumo total no país. São compradores de xampu, fralda, alimentos, material de limpeza”, explica Emília Rabello, criadora da Outdoor. “O empresário precisa olhar para essas pessoas e pensar em produtos. Ganha quem quer vender, ganha quem quer comprar”, diz.

Zoológico do Rio: menos cercas em nova proposta a partir de julho

Grupo Cesgranrio: burocracia atrasa negociação de sede na Lagoa

Centro Coreográfico do Rio luta para se manter na ativa

Publicidade