Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

PM do Rio limita vagas de mulheres em concurso para oficiais

O limite vai contra a tendência de possibilitar que as mulheres tenham mais acesso à carreiras no serviço público no Brasil

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 19 jan 2017, 18h58 - Publicado em 19 jan 2017, 18h55

A Polícia Militar do Rio vai aplicar na próxima semana as provas para a escolha dos 50 novos oficiais da corporação, mas dessa vez as regras serão diferentes dos últimos dois anos. O edital mais recente exige dos candidatos formação em Direito e limita o número de mulheres na corporação. 10% do total de vagas, ou seja, apenas cinco lugares, estão destinados a elas. A decisão vai contra a tendência de possibilitar que as mulheres tenham mais acesso à carreiras no serviço público no Brasil. Na Polícia Federal, por exemplo, já não há limitador no número de vagas. 

Os candidatos às vagas de oficiais da PM do Rio devem ter entre 18 e 34 anos. A inscrição foi de R$ 112, preço superior ao médio adotado por outros concursos, como o do Tribunal Regional Federal do Rio e Espírito Santo, que custou R$ 70.

  • Publicidade