Clique e assine por apenas 7,90/mês

Plantas alimentícias não convencionais são temas de oficina

Altamente nutritivas e saborosas, Pancs costumam nascer espontaneamente e crescem com facilidade por aí, mas não são muito consumidas

Por Fernanda Thedim - 10 nov 2017, 14h45

A sigla é autoexplicativa: Pancs são plantas alimentícias não convencionais. Altamente nutritivas e saborosas, elas costumam nascer espontaneamente e crescem com facilidade por aí, mas não são muito consumidas. Ou por falta de costume, ou de conhecimento mesmo. Em alta na cozinha dos chefs, essas plantinhas serão o tema da oficina comandada pelo professor de sustentabilidade da Escola Parque, Yuri Diniz, que vai ajudar a identificar as principais espécies do nosso bioma. A aula faz parte da programação do Marquês das Artes, evento que acontece na Gávea neste sábado (11) e domingo (12), com sessões gratuitas de acrobacia, dança, ioga e outras atividades voltadas ao bem-estar. Abaixo veja alguns desses matinhos e como podem ser utilizados.

Azedinha

Reprodução/ISTOCK

Muito comum no Sul e no Sudeste, apresenta um sabor levemente azedo, como sugere o nome, e vai bem em saladas e sopas

Peixinho

Publicidade
Reprodução/ISTOCK

Conhecida como lambari- da-horta, é cheia de pelinhos na superfície e pode ser usada no chá ou frita como um delicioso aperitivo

Ora-pro-nóbis

Reprodução/Internet

Típica de Minas Gerais, onde é usada na preparação de muitos pratos, fica muito boa em cozidos, refogados ou ensopados

Trevo

Publicidade
Reprodução/ISTOCK

Tem folhas, talos e bulbilhos comestíveis, mas deve ser ingerido em quantidades moderadas, devido ao ácido oxálico

Publicidade