Continua após publicidade

PF faz ação de busca e apreensão na casa de Rodrigo Bethlem

Procedimento fez parte da operação Ponto Final, que investiga esquema de corrupção ligado às empresas de ônibus cariocas.

Por Redação Veja Rio
Atualizado em 15 ago 2017, 18h06 - Publicado em 15 ago 2017, 16h01

A casa de Rodrigo Bethlem foi alvo de uma ação da Polícia Federal na manhã desta terça (15). O objetivo do procedimento era o cumprimento de mandados de busca e apreensão ligados à operação Ponto Final, que investiga um esquema de corrupção ligado às empresas de ônibus cariocas.

Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal. De acordo com o Ministério Público Federal, mensagens encontradas em um celular de Bethlem o apontam como intermediário entre as transportadoras e o novo prefeito Marcelo Crivella no esforço pela manutenção do esquema de propinas.

Em nota, a prefeitura do Rio negou que haja qualquer acordo ilícito entre a atual gestão e as empresas de ônibus. Já Eduardo Paes afirmou que a operação de hoje não guarda qualquer relação com o período entre 2009 e 2014, durante o qual Bethlem foi seu secretário.

Continua após a publicidade

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.