Continua após publicidade

Pezão é condenado por improbidade administrativa em compra de ambulância

Decisão do STJ prevê ressarcimento de R$ 14,5 mil à União e ao município de Piraí, cidade em que o político era prefeito em 2001

Por Redação VEJA RIO
19 jul 2018, 14h05

O governador Luiz Fernando Pezão foi condenado pelo ministro Francisco Falcão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), por improbidade administrativa com base no documento do Ministério Público Federal (MPF) de superfaturamento na compra de uma ambulância e equipamentos para o veículo em 2001, quando Pezão era prefeito de Piraí, no interior do estado.

A decisão havia sido publicada internamente no dia 29 de maio, mas não divulgada, segundo reportagem de O Globo. A decisão prevê o pagamento de multa de ressarcimento à União e ao município no valor de R$ 14,5 mil – incluindo as devidas correções monetárias. Procurada pelo jornal, a defesa do político afirmou que já recorreu à medida.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.