Clique e assine por apenas 7,90/mês

Pezão diz que privatizar Uerj está “fora de questão”

Medida foi sugerida em parecer do Tesouro sobre acordo de recuperação fiscal

Por Redação Veja Rio - 6 set 2017, 13h55
Rio de Janeiro – Campus Maracanã da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) apresenta sinais de deterioração, acúmulo de lixo e falta de verba pra instalação de equipamentos (Tânia Rêgo/Agência Brasil) Tânia Rêgo/Agência Brasil

O governador Luiz Fernando Pezão disse que a privatização da Uerj é algo “totalmente fora de questão” em entrevista à rádio CBN na manhã desta quarta (06). A afirmação vem a público após um parecer do Tesouro Nacional propor a medida como uma solução possível caso as regras do acordo de recuperação fiscal não sejam cumpridas.

O reitor do Uerj Ruy Guerra considerou “estarrecedor” e “grotesco” que uma ação do tipo fosse cogitada pelas autoridades, em entrevista ao jornal O Globo. Ele lembrou que a universidade é o principal centro de formação de recursos humanos no estado e que um ranking divulgado pela Times Higher Education classificou a instituição como uma das 30 melhores do país. “Isso tudo não se construiu de um dia para o outro, mas pode ser arrasado de um dia para o outro. A sociedade não pode concordar com isso”, defendeu Ruy

Na entrevista, Pezão afirmou ainda que pretende enviar à Alerj nos próximos dias um projeto de lei para que universitários formados na Uerj devolvam algo para o Estado após a formação gratuita. “Esse universitário que estuda de graça 5, 6 anos, tem que retornar alguma coisa”, disse o governador.

Publicidade