Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Pesquisa de VEJA RIO revela lugares, marcas e produtos mais amados do Rio

Conheça os preferidos em quarenta categorias – de bairros a hotéis, passando por pontos turísticos, museus, lojas, lanchonetes e muito mais

Por Renata Magalhaes Atualizado em 25 mar 2022, 13h00 - Publicado em 18 mar 2022, 06h00

Diante do melhor cenário epidemiológico desde o início da pandemia no Rio, o sentimento é de otimismo e esperança. Após o susto da ômicron no começo do ano, a retomada volta a alavancar espaços culturais, que ficaram fechados durante tanto tempo, e o aumento de pessoas nas ruas dá novo gás ao comércio.

Somando-se o aniversário da cidade, que completou 457 anos no primeiro dia do mês, não há momento melhor para descobrir o que passa pela cabeça — e está no coração — dos cariocas no que diz respeito aos seus locais, marcas e serviços preferidos.

Pelo terceiro ano, o prêmio Os Mais Amados do Rio é realizado por VEJA RIO em parceria com a empresa de pesquisa MindMiners, que consultou 4 166 pessoas durante o mês de janeiro por meio de um questionário on-line. Nas páginas a seguir, é possível conferir os três mais votados em quarenta categorias. Parabéns a todos os envolvidos!

Compartilhe essa matéria via:

CIDADE

Barra
Barra – iStock/Getty Images

Bairro
1º Barra (18,1%)*

Na década de 30, o escritor e ilustrador Armando Magalhães Corrêa cunhou o termo “sertão carioca” em suas crônicas no jornal Correio da Manhã para se referir à intocada região na Zona Oeste. Pois bem: o sertão cresceu, se desenvolveu e hoje abriga quase 400 000 moradores, que não trocam por nada as avenidas largas, os grandes shoppings e os luxuosos condomínios. É onde está a maior praia da cidade, com 14,4 quilômetros de extensão, e também a preferida pelos cariocas.

2º Ipanema (9,2%)

3º Leblon (8,7%)**

Praia
1º Barra da Tijuca (22,9%)***

2º Ipanema (12,4%)

3º Grumari (10,1%)

Atração turística
1º BioParque do Rio (13,9%)

No fim de fevereiro, uma festa de aniversário inusitada chamou a atenção dos visitantes. A homenageada foi a hipopótamo Bocão, que viveu sozinha por 26 anos no antigo RioZoo e, com a reabertura do espaço sob um novo conceito no ano passado, ganhou a companhia do macho Tim. Os dois fazem parte do time de mais de 1 100 animais que hoje moram na Quinta da Boa Vista. “Nosso foco é garantir o bem-estar animal, com projetos de pesquisa, educação e conservação da biodiversidade”, diz o diretor Manoel Browne.

2º Lagoa Rodrigo de Freitas (13,5%)

3º Bondinho Pão de Açúcar (13,1%)***

Hotel
1º Copacabana Palace (34,3%)***

Fechado desde 1994, o Teatro Copacabana Palace foi reaberto no fim do ano com um musical que resgata momentos emblemáticos da história do hotel-símbolo do Rio. O espetáculo parte das memórias de Mariazinha Guinle, viúva do empresário e fundador, Octávio Guinle, que levantou o luxuoso empreendimento a pedido do presidente Epitácio Pessoa. Prestes a completar 100 anos, o cinco-estrelas na orla de Copacabana é consagrado como o mais amado do Rio pela terceira vez consecutiva.

2º Fasano (12,2%) 

3º Sheraton Rio (12%)

Construtora
1º RJZ Cyrela (23,5%)

Transformar terrenos em projetos de vida é o lema desta empresa carioca fundada em 1985. Na última década, só no Rio, foram lançados quase 20 000 apartamentos. “Sabemos da importância daquilo que realizamos e que somos parte de momentos únicos na vida das pessoas”, diz o diretor-geral, Michel Gottlieb. O mais recente destaque foi o lançamento Wave By YOO em um dos últimos terrenos disponíveis no ponto mais nobre da Praia da Barra, assinado por um estúdio londrino referência mundial em design e decoração de interiores.

2º Gafisa (16,2%) 

3º Tenda (15,5%)

CULTURA

Museu ou centro cultural
1º CCBB (27,1%)***

Depois de um período muito difícil por causa do isolamento social, é hora de ver a casa cheia novamente. Após o sucesso da exposição A Tensão, de Leandro Erlich, o espaço exibe agora as obras de um dos grandes mestres da pintura, Marc Chagall. “Em 32 anos de história, nunca enfrentamos tamanho desafio como na pandemia, mas conseguimos nos adaptar e hoje todas as exposições já nascem em versão virtual”, orgulha-se a gerente-geral, Sueli Voltarelli, à frente do espaço que já recebeu mais de 55 milhões de visitantes.

2º Museu do amanhã (22,9%)*

3º MAM Rio (11,2%)

Kinoplex
Kinoplex – ./Divulgação

Cinema
1º Kinoplex (35,8%)*

Essa história começa em 1917, com a inauguração do Cine Majestic, em Fortaleza. Logo depois o fundador, Luiz Severiano Ribeiro, decidiu levar a magia do cinema para todo o Brasil e construiu a maior rede nacional do segmento. “Nosso diferencial é uma equipe apaixonada, que trabalha para encantar nossos espectadores”, frisa Patricia Cotta, gerente de marketing, referindo-se aos mais de 1 000 colaboradores. Hoje são 271 salas espalhadas por dezenove cidades — 85 delas no Rio.

2º Cinemark (30,4%)

3º UCI Cinemas (12,7%)

Casa de shows e espetáculos
1º Theatro Municipal (21,7%)*

2º Circo Voador (18,8%)

3º Jeunesse Arena (17,3%)

Teatro Miguel Falabella
Teatro Miguel Falabella – Guga Melgar/Divulgação

Teatro
1º Teatro Miguel Falabella (14,8%)

Administrado pela Cia Atores de Laura, o palco situado no coração da Zona Norte, em pleno NorteShopping, foi apelidado pelo ator Leandro Hassum de “o Maracanã da comédia”, diante da quantidade de espetáculos do gênero. Antes da pandemia, quase 16 000 espectadores passavam por lá a cada mês. “A região ainda conta com pouquíssimos equipamentos culturais e esperamos agora retomar todas as nossas atividades após um período muito delicado e de incertezas”, torce Elaine Moreira, diretora de produção da companhia.

2º Teatro Casa Grande (12,3%)

3º Teatro Multiplan (7,8%)

SAÚDE E BEM-ESTAR

Plano de saúde
1º Bradesco Saúde (24,1%)**

Em 2022, o Grupo Bradesco Saúde vai lançar a rede de atendimento Atlântica Hospitais, buscando aumentar a oferta de serviços prestados. “Com o fortalecimento da economia, vislumbramos a ampliação do mercado de trabalho e vamos seguir oferecendo um dos benefícios mais valorizados e desejados pela sociedade”, promete o diretor-presidente, Manoel Peres. Atualmente, são mais de 46 000 prestadores de serviço em 3 300 hospitais para atender os mais de 3,7 milhões de beneficiários700 000 deles apenas no estado.

2º Unimed (19,7%) 

3º SulAmérica (19,3%)

Hospital
1º Copa D’Or (12,1%)**

Fundado em 2000, em Copacabana, o centro médico se tornou uma unidade de referência para tratamentos de alta complexidade. “Reunimos tecnologia de ponta e colaboradores em ininterrupto processo de educação, o que resulta em um serviço médico de alta qualidade, que prioriza sempre o atendimento humanizado”, resume Kleber Cruz, diretor-geral. Anualmente, são realizadas 15 000 internações, 1,1 milhão de exames diagnósticos, 11 000 cirurgias, além de 6 500 atendimentos emergenciais por mês.

2º Hospital Unimed-Rio (11,5%) e Barra D’Or (11,5%)*

Sérgio Franco
Sérgio Franco – ./Divulgação

Laboratório
1º Sérgio Franco (33,5%)**

Após realizar mais de 26 milhões de exames só no ano passado, a rede de medicina diagnóstica ampliou os serviços com vacinas e a expansão do atendimento móvel. “Nosso foco está na qualidade do atendimento e no investimento constante em tecnologia e inovação”, acredita Rafael Bastos, diretor regional da Dasa, maior rede de saúde integrada do país, responsável também pelos laboratórios que conquistaram o segundo e o terceiro lugar.

2º Bronstein (23,8%) 

3º Lâmina (10,4%)

Academia
1º Smart Fit (40,7%)***

2º Bodytech (31,3%)

3º Cia Athletica (3,6%)

Centro de beleza e estética
1º Werner Coiffeur (23,1%)*

2º Espaço Laser (17,6%)

3º Walter’s Coiffeur (14,1%)

Drogarias Pacheco
Drogarias Pacheco – ./Divulgação

Farmácia
1º Drogarias Pacheco (33,6%)*

O grande objetivo da empresa para 2022 é promover uma reinvenção do modelo tradicional de farmácia. Para isso, serão investidos 500 milhões de reais numa plataforma digital com facilidades para pacientes, médicos, clínicas e até o SUS. “O projeto visa a uma democratização da saúde”, resume Jonas Laurindvicius, do Grupo DPSP. A marca hoje possui mais de 450 filiais em cinco estados — uma delas, no Centro do Rio, virou ponto turístico após a reforma que remete às drogarias do século XIX.

2º Drogaria Venâncio (32,8%)** 

3º Droga Raia (21,7%)

EDUCAÇÃO

Colégio pH
Colégio pH – ./Divulgação

Colégio
1º Colégio pH (12,5%)

No ano passado, o Colégio pH passou a integrar o maior grupo de educação básica do Brasil, o Eleva Educação. “Embora já tenha 35 anos, trata-se de uma escola moderna e conectada com os desafios do século XXI”, diz Filipe Couto, diretor pedagógico-geral. Hoje são mais de 5 000 estudantes em doze unidades, da alfabetização até o vestibular. Entre as novidades estão a implementação do programa bilíngue no ensino fundamental, além da organização do Novo Ensino Médio, agora mais focado nas áreas do conhecimento.

2º Colégio Santo Agostinho (9,7%) 

3º Pensi (8,5%)

Cultura Inglesa
Cultura Inglesa – ./Divulgação

Curso de idiomas
1º Cultura Inglesa (30,4%)*

Desde a inauguração da primeira unidade carioca, em 1934, mais de trinta filiais e vinte franquias abriram pelo estado. “O nosso diferencial está no investimento em ações inovadoras e tecnologias de ponta, além do ensino de excelência”, garante o CEO, Marcos Noll Barboza. Mesmo com a perspectiva do fim da pandemia, a rede continua a oferecer aulas pelo ensino híbrido e, em 2022, vai focar cursos profissionais e corporativos, tendo em vista a globalização do trabalho com a consolidação do modelo home office.

2º Brasas (16,4%) 

3º CCAA (11%)

Universidade
1º PUC-Rio (27,3%)

A arquitetura do campus na Gávea, onde a maior parte das atividades acadêmicas é realizada, conta com uma marca registrada: os famosos pilotis, pelos quais mais de 13 000 alunos de 27 departamentos passam anualmente. “Estamos sempre abertos para o diálogo com as diferenças, trabalhamos a cultura de pertencimento envolvendo professores, funcionários e alunos, e temos um forte compromisso com o ensino e a pesquisa de qualidade”, lista o reitor Josafá Carlos de Siqueira alguns dos diferenciais da instituição.

2º Estácio (14,2%)
3º FGV (11,8%)

ALIMENTAÇÃO

Heineken
Heineken – Heineken/Divulgação

Cerveja
1º Heineken (29,9%)***

Queridinha dos cariocas, a marca leva pela terceira vez o prêmio de mais amada do Rio, sem deixar de lado a responsabilidade com o meio ambiente através de uma série de ações com o viés sustentável. “Estamos facilitando o acesso de bares e restaurantes à energia verde e auxiliando na retomada das atividades culturais, trazendo soluções para resíduos gerados pela indústria”, diz Gabriel D’Angelo Braz, diretor de marketing.

2º Stella Artois (16,3%)

3º Corona(9,4%)

McDonald’s
McDonald’s – McDonald’s/Divulgação
Continua após a publicidade

Lanchonete
1º McDonald’s (31,9%)

2º Bibi Sucos (25,4%)**

3º Burger King (16,7%)*

IFood
IFood – ./Divulgação

Aplicativo de delivery
1º IFood (76,6%)**

A meta é ter pelo menos 50% das entregas realizadas por veículos não poluentes até 2025. Para isso, ainda neste primeiro semestre será lançado um projeto de motos elétricas, com condições especiais para os mais de 200 000 entregadores cadastrados na plataforma. “O nosso sonho é alimentar o futuro do mundo, portanto investimos em inovações tecnológicas, visando a zerar o impacto da poluição de plástico e carbono”, explica Fernando Martins, head de inovação logística. Há dez anos no mercado, a empresa reúne mais de 270 000 restaurantes cadastrados em mais de 1 000 cidades do Brasil.

2º Zé Delivery (12,7%) 

3º Rappi (5,2%)

Supermercado
1º Zona Sul (24,9%)**

Já pensou em fazer compras usando um sistema de reconhecimento facial para pagar? O cenário futurista já é uma realidade na unidade do Zona Sul no condomínio Santa Mônica, na Barra da Tijuca. Junto com serviço de entregas por drones e uma moderna plataforma digital, o supermercado une inovação e sustentabilidade em suas quase cinquenta lojas espalhadas pela cidade. “São décadas dando continuidade aos valores dos fundadores da barraca de feira que deu origem a tudo isso, lá em 1959”, afirma Renata Leta, diretora de marketing, sobre seu time de 6 500 colaboradores que recebe diariamente mais de 100 000 clientes.

2º Mundial (21%)

3º Guanabara (18,1%)*

CONSUMO

Loja de cosméticos
1º O Boticário (18,3%)***

Inaugurada em 1977, a empresa curitibana tem hoje a maior rede franqueada de cosméticos do país: são mais de 3 700 pontos de venda, 120 deles só no Grande Rio. A cidade sempre foi uma praça estratégica para o Boticário, que lançou, no ano passado, o Movimento BoticaRio, para a valorização dos talentos locais na construção de campanhas, incluindo moradores, influenciadores e artistas cariocas. “Essa aproximação com a cidade trouxe um retorno muito positivo para o negócio como um todo”, confirma Jacqueline Tobaru, diretora de marketing regional.

2º Natura (15,5%)

3º Granado (15,3%)

Montadora de automóvel
1º Honda (12,8%)

Faz exatamente trinta anos desde que o primeiro veículo importado pela empresa, um Honda Accord, chegou para comercialização por estas bandas e, desde então, eles não pararam de se multiplicar pelas ruas. “Um dos principais atributos associados à marca é a qualidade, com o compromisso de entregar produtos e serviços que superem as expectativas”, revela o vice-presidente comercial, Roberto Akiyama. São mais de duzentas lojas no país, com novidades como o New City Sedan e o New City Hatchback, estreia no segmento de hatches no Brasil.

2º BMW (7,8%)

3º Toyota (7,5%)

Livraria
1º Saraiva (41,4%)***

2º Livraria da Travessa (40,9%)

3º Livraria Argumento (6%)

BarraShopping
BarraShopping – Bruno Coutinho/Divulgação

Shopping center
1º BarraShopping (21,6%)***

Junto com o New York City Center, o complexo BarraShopping, inaugurado em 1981, comporta cerca de 700 lojas em uma área que percorre 1,2 quilômetro. Diariamente, mais de 100 000 pessoas passam por lá e aproveitam um mix completo de serviços, compras, lazer, gastronomia e comodidades. “Nossos serviços se complementam e atendem a todos os perfis, além de termos sempre novidades. Buscamos o conceito de que aqui qualquer um pode resolver a vida”, define Gabriel Palumbo, diretor-regional da Multiplan.

2º Rio Sul (13,3%) 

3º Shopping Leblon (10,8%)

Apple
Apple – Apple/Divulgação

Aparelho de celular
1º Apple (48,2%)**

No início do mês, os fãs da Apple se mobilizaram para assistir a um evento especial chamado Peek Performance, no qual foram reveladas atualizações sobre novos produtos. Realizado de forma on-line, ele trouxe anúncios oficiais sobre o celular de entrada da marca, o iPhone SE, uma versão mais baratinha e acessível que chega à sua terceira geração. Ainda para este ano, fica a expectativa sobre o iPhone 14, que deve ser lançado no segundo semestre. Atualmente, a marca conta com 1,8 bilhão de aparelhos ativos no mundo todo.

2º Samsung (30,5%)*

3º Motorola (10,1%)

Lojas Renner
Lojas Renner – ./Divulgação

Loja de roupas
1º Lojas Renner (16,1%)

O Rio foi a cidade escolhida pela Renner para o lançamento da primeira loja circular do varejo brasileiro. Da concepção à operação, o espaço inaugurado em outubro no shopping Rio Sul visa a diminuir ao máximo o seu impacto ambiental. “Assumimos o desafio de desenvolver no Brasil um modelo até então inexistente no mercado”, conta a diretora de operações, Fabiana Taccola. Uma segunda unidade nesse modelo está prevista ainda para o primeiro semestre, em Jacarepaguá.

2º C&A (10,8%)* 

3º Reserva (9,4%)*

Loja de móveis e decoração
1º Tok&Stok (40,7%)***

Para celebrar os sessenta anos de história da banda de rock britânica, a Tok&Stok lançou a coleção The Rolling Stones. As peças são limitadas, mas os sete endereços no Rio contam com um portfólio de mais de 11 000 itens, dos quais 75% são móveis e acessórios com design exclusivo. “Nossa proposta é trazer mais inovações por meio de collabs e parcerias inéditas nacionais e internacionais, oferecendo aos clientes um jeito rápido e simples de levar inspiração para suas casas”, resume Renata Albuquerque Saad, head de comunicação e marketing.

2º Leroy Merlin (19,7%)

3º Etna (10,4%)

Loja de eletrodomésticos
1º Fast Shop (22,8%)**

A partir deste ano, todo o portfólio de produtos da empresa estará disponível para entrega no mesmo dia em pedidos realizados até as 12 horas. É mais um avanço na estratégia digital, que virou o principal foco da empresa depois da pandemia. “Antes, nossos canais on-line já respondiam por 30% das vendas. Hoje, representam metade dos nossos negócios”, explica o diretor-geral de operações, Eduardo Salem, que comemora o crescimento de 300% das vendas. Fundada em 1986, a empresa conta com mais de oitenta lojas no Brasil.

2º Lojas Americanas (20,1%)*

3º Magazine Luiza (19,3%)

Loja de artigos esportivos
1º Centauro (26,1%)**

2º Decathlon (23,3%)

3º Adidas (22%)

Mr.Cat
Mr.Cat – ./Divulgação

Marca de calçados
1º Mr.Cat (23,7%)

Quando completou quarenta anos de trajetória, em 2021, a Mr. Cat decidiu celebrar trazendo de volta alguns sapatos-ícones que fizeram história — entre eles, o clássico mocassim feminino de miçangas, febre dos anos 90. Também lançou uma linha sustentável, feita totalmente a partir de materiais reciclados. “A Mr. Cat propõe um lifestyle mais próximo, atualizado, que traz uma nova maneira de levar e andar pela vida”, afirma o CEO, André Costa. A receita está dando certo: no fim do ano passado, a empresa teve o melhor trimestre de sua história.

2º Havaianas (21,9%) 

3º Arezzo (10%)

SERVIÇOS

Gol Linhas Aéreas
Gol Linhas Aéreas – iStock/Getty Images

Companhia aérea
1º Gol Linhas Aéreas (24%)*

A partir de abril deste ano, a Gol atingirá sua maior capacidade de transporte para uma baixa temporada desde o início da pandemia, ultrapassando a marca de 2 000 pousos e decolagens na capital fluminense. É um aumento de 70%, quando comparado ao ano passado. Somente na famosa ponte aérea Rio-São Paulo, são voos a cada trinta minutos, que, em tempos normais, oferecem serviços com comidinhas especiais e happy hour para o trecho — ainda suspensos pelos protocolos de segurança. “Nossa malha é a mais abrangente da cidade e, apenas no primeiro trimestre deste ano, a Gol foi responsável por 55% da oferta no Rio, tendo um papel fundamental para a indústria do turismo e de negócios”, afirma Bruno Balan, gerente de planejamento estratégico.

2º Azul Linhas Aéreas Brasileiras (23,3%)** 

3º LATAM Airlines Brasil (15,9%)

TV por assinatura
1º Claro (59%)**

2º Sky (20,3%)

3º Vivo (13,2%)

Aplicativo de transporte
1º Uber (71,4%)

É difícil pensar em mobilidade urbana no Brasil sem levar em consideração a realidade dos aplicativos de transporte, inaugurada por aqui em 2014 com a chegada da Uber. “Não existe mais a necessidade de explicar o que é o produto ou como se usa, por exemplo. Já nos tornamos até mesmo sinônimo de categoria”, afirma Luciana Ceccato, diretora de marketing. São mais de 22 milhões de usuários ativos. Segundo pesquisas, 78% dos usuários de smartphone no país já realizaram viagens de carro por meio de aplicativo e, desses, 69% dizem usar a Uber com mais frequência.

2º 99 (15,2%) 

3º Taxi.Rio (9,2%)

Operadora de telefonia móvel
1º Vivo (43,5%)**

No último semestre, a empresa preferida dos cariocas conquistou um feito: alcançou a maior base de clientes da sua história. O serviço de telefonia móvel, com mais de 80 milhões de linhas, é o carro-chefe, responsável por gerar quase 30 bilhões de reais em receita. “Mais do que entregar ao cliente a melhor rede móvel e de fibra, temos o cuidado de garantir que o DNA da Vivo esteja presente em todos os pontos de contato com os consumidores”, justifica o diretor regional Cristiano Salgado.

2º Claro (29,8%)

3º Tim (16,9%)

Streaming de filmes e séries
1º Netflix (71,2%)**

Cerca de 222 milhões de usuários ativos espalhados por 190 países do mundo escutam um barulho familiar: o “tudum”, aquela chamadinha característica que antecipa um filme ou o episódio de alguma série na Netflix. Preferido dos cariocas, o serviço vem ganhando cada vez mais fãs com sua ampla oferta de atrações: em 2021, foram mais de 18 milhões de novas assinaturas — 19% a mais do que em 2020.

2º Amazon Prime Video (10,4%)

3º Disney+ (6,5%)

Cartão de crédito
1º Mastercard (52%)

Uma vantagem de quem é cliente Mastercard está em poder usar o cartão para pagamentos por aproximação no transporte público do Rio. A tecnologia está disponível para todas as linhas de metrô da cidade, além de mais de trinta estações de trem da SuperVia. “Procuramos, há anos, proporcionar aos cariocas momentos e experiências que não têm preço, como forma de fortalecer nossa conexão junto aos consumidores”, pontua Sarah Buchwitz, vice-presidente de marketing e comunicação.

2º Visa (35,1%) 

3º American Express (6,8%)

Banco
1º Itaú (35,1%)***

2º Nubank (18,7%)

3º Santander (12,9%)

* Vencedor em 2018
** Vencedor em 2021
*** Vencedor em 2018 e 2021

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 12,90/mês