Clique e assine por apenas 4,90/mês

Parque Olímpico ganha novos equipamentos de lazer em dezembro

Repaginação do espaço custará mais de R$ 2 milhões à prefeitura

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 dez 2016, 11h05 - Publicado em 8 set 2016, 20h50

Dezoito dias após o fim da Olimpíada, o Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, volta a receber competições esportivas. Palco de várias das modalidades disputadas nos Jogos, o Parque começou a contagem regressiva para receber quadras poliesportivas, bicicletários, monumento em homenagem aos atletas medalhistas da Rio 2016, além de mil mudas de árvore.

+ Vincius desfila de Gisele Bündchen e Tom posa com Fernanda Lima

A repaginação do espaço será entregue em dezembro e ocupa uma área que hoje funciona para a circulação comum do público entre as arenas. O projeto faz parte do programa de legado do evento e vai custar R$ 2,5 milhões aos cofres públicos. A prefeitura será a responsável pelo pagamento da conta.

+ Cruz Vermelha fala sobre reabilitação física no Baixo Suíça

Após o fim da Paralimpíada uma área de mais de um milhão de metros quadrados será desmembrada – destes, 600 mil metros quadrados serão destinados à iniciativa privada. Os 500 mil metros quadrados restantes permanecerão públicos e serão reabertos em fases.

 

Publicidade