Clique e assine por apenas 4,90/mês

Para escolas de samba, o carnaval 2018 já começou

Com ensaios em andamento, agremiações lançam CD oficial nesta sexta (01)

Por Saulo Pereira Guimarães - Atualizado em 5 jan 2018, 13h43 - Publicado em 30 nov 2017, 15h31
Saulo Pereira Guimarães/Veja Rio

Baterias ensaiando no Aterro à noite. Orquestras de sopro treinando aos domingos na Praça Marechal Âncora. Para quem anda pela cidade, os sinais são claros: grande parte dos cariocas já se prepara para o carnaval. Nesta sexta (01), algumas das maiores estrelas da festa têm um encontro marcado às 22h na quadra do Salgueiro, no Andaraí. Trata-se do lançamento do disco oficial das escolas de samba do carnaval 2018, que reunirá os hinos das 13 agremiações que hoje compõe o Grupo Especial, a elite da Sapucaí. Com ingressos a R$ 40, a noite terá show de Xande de Pilares e outras atrações.

“Se diminuíram as verbas para a confecção de fantasias e alegorias, os compositores capricharam e fizeram sambas muito bons”, afirmou em nota Zacarias Siqueira de Oliveira, diretor artístico que assina o álbum recheado de participações especiais. Péricles defende o hino da Mangueira. Xande de Pilares e Zezé Mota, o do Salgueiro. E Stephan Nercessian incorpora Chacrinha na faixa do Grande Rio. O comunicador pernambucano será enredo da escola de Caxias em 2018. Os maestros Alceu Maia, Jorge Cardoso e Rafael Prates assinam as harmonias do disco, gravado nos últimos meses. Enquanto os intérpretes (ou puxadores, na nomenclatura clássica) soltaram o gogó em um estúdio em Copacabana, 6 mil sambistas foram convocados para gravar os coros que acompanham as canções em uma estrutura especial montada na Cidade do Samba.

Quem não conseguir esperar até fevereiro e quiser ter uma provinha do que vem por aí pode ir aos ensaios, que já pipocam em alguns pontos da cidade. Nesta quinta (30), Mangueira e Vila treinam para o grande dia a partir das 20h. A verde-e-rosa em um terreno ao lado da estação de metrô e trem do Maracanã, carinhosamente batizado de avenida Estação Primeira de Mangueira. Já a azul-e-branca do bairro de Noel invade o Boulevard 28 de Setembro. Outra que vem esquentando os tamborins há algum tempo é a Portela, que desde o começo de mês realiza ensaios todas as quartas, às 20h, na rua Clara Nunes, 81, em Madureira.

Publicidade