Continua após publicidade

Observatório do Feminicídio: Como será o monitoramento desses crimes no RJ

Estado do Rio vai criar grupo responsável por acompanhar registros; equipe será coordenada pela Secretaria de Estado da Mulher (SEM-RJ)

Por Da Redação
13 jun 2024, 17h00

O governador Cláudio Castro assinou nesta quinta (13) um decreto que cria o Observatório do Feminicídio. A nova instância, coordenada pela Secretaria de Estado da Mulher (SEM-RJ) vai coletar, ordenar e analisar dados sobre feminicídios praticados ou tentados no estado do Rio.

+ Com ultraprocessados barrados, pode salsichão na festa junina da escola? 

O novo grupo de análise servirá, também, para promover a integração entre os órgãos que denunciam, investigam e julgam os casos e que acolhem sobreviventes e suas famílias. O sistema vai integrar informações da Segurança, da Saúde e do Judiciário.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Segundo o Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro (ISP-RJ), nos dois primeiros meses do ano passado, ocorreram 16 feminicídios e 53 tentativas, totalizando 69 casos. No mesmo período deste ano, foram registrados 20 casos e 82 tentativas de feminicídio, somando 102 registros – uma alta de 47,8%, alcançando o maior patamar da série histórica do Instituto de Segurança Pública (ISP), iniciada em 2017.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.