Clique e assine por apenas 3,90/mês

OAB do Rio propõe cota para transexuais em concursos públicos

Projeto de lei foi criado pela Comissão para Acessibilidade Pública da Ordem dos Advogados do Brasil

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 dez 2016, 11h17 - Publicado em 2 jun 2016, 13h27

+ Pedro Paulo deixa cargo para disputar a prefeitura

Elaborado pela Comissão para Acessibilidade Pública da OAB, a Ordem dos Advogados do Brasil, um projeto de lei que deve ser levado ao governador em exercício Francisco Dornelles propõe a criação de um sistema de cotas para transexuais em concursos públicos do Rio. A emenda também determina que instituições públicas aceitem candidatos tatuados ou com piercing. A proposta ainda será debatida e analisada pelo Conselho da OAB-RJ.

+ Operação reforça segurança no centro da cidade

Publicidade