Clique e assine por apenas 4,90/mês

Nobel da Matemática é roubado de ganhador durante congresso no Riocentro

Feita de ouro e avaliada em R$ 16 mil, Medalha Fields tinha sido ganha por iraniano

Por Daniela Pessoa - Atualizado em 2 ago 2018, 14h15 - Publicado em 2 ago 2018, 14h14

Riocentro reformado

A Medalha Fields recebida pelo iraniano Caucher Birkar na cerimônia de abertura do Congresso Internacional de Matemática, no Riocentro, no Rio, na manhã desta quarta-feira, 1º, foi furtada logo depois da premiação. Considerada o Prêmio Nobel da área, a medalha foi deixada pelo matemático junto com a carteira e um celular em uma pasta, em cima de uma mesa do pavilhão onde ocorreu o evento.

Quando Birkar percebeu o furto, a equipe de segurança do congresso foi acionada. A pasta foi encontrada debaixo de uma arquibancada, mas não havia sinal da medalha ou da carteira. Apenas o celular foi deixado para trás. Os seguranças estão analisando as imagens das câmeras no local para tentar identificar o autor do furto.

A medalha de ouro 14 quilates é avaliada em aproximadamente R$ 16 mil. Mas seu maior valor é simbólico: trata-se da maior honraria da Matemática, concedida até hoje a apenas 60 pessoas desde que a premiação foi instituída, em 1936.

Continua após a publicidade

Esta é a primeira vez que o Congresso Internacional de Matemáticos ocorre no hemisfério sul, no caso, no Brasil, e, por conseguinte também a primeira vez que a premiação é concedida no País.

Em nota oficial divulgada na tarde desta quarta-feira, 1º, a organização do Congresso Internacional de Matemáticos lamentou o desaparecimento da pasta do matemático Caucher Birkar que continha a Medalha Fields. De acordo com os organizadores do evento, as imagens das câmeras de segurança estão sendo analisadas. “A organização está colaborando com as autoridades policiais na investigação do caso.”

Publicidade