Clique e assine por apenas 4,90/mês

Nesta terça (24), projeção fará coração do Cristo Redentor bater

Ação faz parte do Movimento Para Sobreviver, que alerta sobre os riscos cardiovasculares em idosos com diabetes

Por Redação VEJA RIO - 24 jul 2018, 10h00

Nesta terça (24), às 20h30, o coração do Cristo Redentor  vai “bater” por uma boa causa. O ícone na cidade participará do lançamento do Movimento Para Sobreviver, que tem como objetivo alertar a população e poder público sobre os riscos cardiovasculares em idosos com diabetes, que em pessoas acima dos 65 anos mata mais que HIV, tuberculose e câncer de mama.

Uma projeção inédita do tamanho do monumento vai ilustrar o batimento de um coração e marcará o início da campanha. A arte conta com elementos que simbolizam hábitos nocivos à saúde e que podem levar ao diabetes tipo 2, e por consequência ao infarto do miocárdio e ao AVC.

Na ocasião, estarão presentes autoridades da cidade do Rio de Janeiro e os presidentes da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), das ONGs Associação Diabetes Brasil (ADJ), Associação Nacional de Atenção ao Diabetes (ANAD), Instituto Lado a Lado Pela Vida, Rede AVC Brasil e das indústrias farmacêuticas Boehringer Ingelheim e Eli Lilly do Brasil.

Publicidade