Clique e assine por apenas 7,90/mês

MP do Rio investiga se a mãe de Crivella furou fila em hospital

Éris Bezerra Crivella operou o punho no Hospital Salgado Filho, no Méier, no dia 17 de fevereiro

Por Redação VEJA RIO - 23 fev 2018, 14h41

O Ministério Público do Rio instaurou inquérito, nesta quinta-feira (22), para averiguar se Éris Bezerra Crivella, mãe do prefeito Marcelo Crivella, furou a fila do Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, para operar o punho, no último dia 17. O órgão pediu a notificação do secretário de Saúde, Marco Antônio de Mattos, para prestação de esclarecimentos dentro do prazo de 15 dias. A direção do hospital será ouvida no inquérito e deverá apresentar o prontuário de Éris sobre o atendimento médico. O promotor Salvador Bemerguy ainda também quer a lista dos profissionais do plantão que atuaram na cirurgia e o número de pacientes na fila por uma cirurgia ortopédica. Ele ainda ordenou à Coordenadoria de Segurança e Inteligência do MPRJ que pesquise se a mãe do prefeito tinha plano de saúde privado.

O prefeito disse que estava viajando quando a mãe precisou fazer a cirurgia. Crivella ainda argumentou que, de acordo com o subsecretário de Saúde Complementar e ex-diretor do Salgado Filho, o ortopedista João Berchmans Iório de Araújo, Éris precisava operar de emergência.

Publicidade