Continua após publicidade

Motoristas, preparem-se: novas interdições serão feitas na pista da Lagoa

Ao longo de três meses, diferentes trechos da Avenida Borges de Medeiros serão interditados para as três etapas dos serviços do programa Asfalto Liso

Por Da Redação
16 ago 2022, 13h31

Em 2013, por conta dos transtornos provocados pelas obras de revitalização da Região Portuária, o prefeito Eduardo Paes dizia que não se podia fazer um omelete sem quebrar os ovos. Pois uma mini versão da receita está em andamento na Lagoa, onde as intervenções necessárias para a execução dos serviços do programa Asfalto Liso na Avenida Borges de Medeiros têm provocado reflexos no trânsito de vários bairros da cidade. Desde quinta (15) está em andamento a primeira fase dos trabalhos, que vão até o dia 22. Mas ao todo serão três etapas. A segunda acontecerá de 12 a 24 de setembro e aterceira, de 25 de setembro a 7 de outubro.

+ Alô, motoristas: câmeras entram em atividade nas ruas de Copacabana

As equipes trabalham nos períodos diurno, das 7h às 17h, e noturno, das 21h às 5h. Na primeira fase, está interditada a faixa de rolamento da Avenida Borges de Medeiros no sentido Túnel Rebouças, junto ao canteiro central, em trecho de aproximadamente cem metros entre a Rua General Tasso Fragoso e o número 3.381. Durante a realização da obra, resta apenas uma faixa disponível para os veículos, o que resulta na formação de filas. Por isso, a CET-Rio recomenda aos motoristas que utilizem a Avenida Epitácio Pessoa nos deslocamentos em direção ao Túnel Rebouças, Humaitá e Botafogo, de modo a evitar os impactos em consequência da redução temporária da capacidade da via.

A segunda etapa vai interditar a faixa 1 da Avenida Borges de Medeiros no sentido Ipanema, em trecho de aproximadamente 120 metros, que vai do retorno após a Rua Maria Angélica até a Rua General Tasso Fragoso. Na última fase, será interditada a faixa 2 do mesmo trecho da Borges de Medeiros. Em todas as etapas, será executado o serviço de reparo profundo, que consiste na troca de solo – antes de aplicar o novo asfalto, as equipes usam escavadeiras para retirar camadas de pavimento que estão desgastadas e não apresentam bom suporte, dando origem a defeitos como trincas e buracos.

Continua após a publicidade

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

“As camadas de materiais com baixo suporte são removidas e substituídas por material apropriado, como base de brita, por exemplo, para que o novo asfalto seja aplicado sem comprometer a trafegabilidade”, explica a secretária de Conservação, Anna Laura Valente Secco. A secretaria de Conservação ressalta que, durante todo o período em que for realizado o reparo profundo, os respectivos trechos das faixas da Avenida Borges de Medeiros ficarão interditados ao tráfego. A CET-Rio está instalando sinalização específica para alertar e orientar os motoristas, além de deslocar equipes para atuarem no local e no entorno, buscando garantir as melhores condições de fluidez do trânsito. “Teremos algum tipo de retenção na Borges de Medeiros, mas o serviço é muito importante para a qualidade do asfalto da cidade”, ressalta o presidente da CET-Rio, Joaquim Dinis.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.