Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Motorista do Uber é morto a tiros na Tijuca

Carlos Henrique Gonçalves, 25 anos, morreu ao ser baleado neste domingo (5)

Por Redação VEJA RIO 6 fev 2017, 15h17

Neste domingo (5), o motorista de Uber Carlos Henrique Gonçalves, 25, foi assassinado na Tijuca, zona norte da cidade. Gonçalves morreu ao ser baleado por bandidos no trajeto para buscar passageiros. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios. No dia 20 de janeiro, Thiago Souza, 29, que trabalhava como motorista do aplicativo foi morto a tiros no centro do Rio.

Publicidade