Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

MP pede que aulas presenciais na rede federal sejam retomadas

Procuradoria quer a volta do estudo nas unidades de ensino superior e da rede básica

Por Redação 15 jul 2021, 12h37

O Ministério Público Federal (MPF) moveu uma ação civil pública em que pede à Justiça que a rede de ensino federal superior e básico no Rio retome as aulas presenciais até 18 de outubro, considerando o calendário estadual de vacinação.

+Terreirão do Samba recebe oficialmente o nome de Nelson Sargento

Assinada pelos procuradores da República Fábio Moraes de Aragão e Maria Cristina Manella Cordeiro, ação pede a determinação da volta às aulas presenciais nas seguintes unidades:

Colégio Brigadeiro Newton Braga (CBNB), vinculado à Diretoria de Ensino do Comado da Aeronáutica;
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (CAP-UFRJ);
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO);
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ);
Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet-RJ);
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ);
Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines) e no Colégio Pedro II (CPII).

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade