Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

MP pede adiamento de inauguração do VLT

Início da operação está marcada para domingo (5). Prefeitura informa que vai manter a data

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 5 dez 2016, 11h17 - Publicado em 2 jun 2016, 14h44

O Ministério Público pediu o adiamento da inauguração do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), marcada para domingo (5). No entanto, a Prefeitura do Rio informou que a data será mantida. Em reunião realizada na quarta (1º), no Tribunal de Justiça, o MP e a prefeitura não chegaram a um acordo.

+ Metrô funcionará em horário especial durante a Olimpíada

A justificativa do MP para adiar mais uma vez é de que a sinalização no trecho que vai da Rodoviária Novo Rio, no Santo Cristo, na Zona Portuária, até o Aeroporto Santos Dumont, no Centro, precisa ser testada e aprovada. De acordo com o argumento, a medida tem por objetivo proteger a integridade e a segurança de passageiros, pedestres e pessoas que vão circular pelas imediações do VLT.

No entanto, a prefeitura informou que será mantida a data de inauguração. A justiça tem prazo de 48 horas, contado a partir de quarta (1º), para deliberar sobre as propostas feitas pelo MP. Tal trecho era para ter sido inaugurado em 22 de maio, mas foi adiado para que a população pudesse conhecer um pouco mais do transporte e se adequar às mudanças no trânsito carioca.

Continua após a publicidade
Publicidade