Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Milkshake de Ovomaltine do McDonald’s provoca alvoroço na internet

A mudança no cardápio é o resultado de um contrato de exclusividade assinado entre a casa do palhaço Ronald e a famosa marca de achocolatados 

Por Pedro Tinoco Atualizado em 5 dez 2016, 11h04 - Publicado em 17 set 2016, 01h00

Curta, quase insípida, a notícia chacoalhou as redes sociais: na última quarta-feira, 14, o McDonald’s lançou seu milk-shake de Ovomaltine. A mudança no cardápio é o resultado de um contrato de exclusividade assinado entre a casa do palhaço Ronald e a famosa marca de achocolatados. Deu-se a celeuma porque, como todo mundo sabe, o ingrediente ganhou notoriedade no copo do tradicional milk-shake servido no Bob’s, o mais conhecido rival do americano McDonald’s. Negócio criado no Rio pelo americano Robert Falkenburg, o Bob, a rede de fast-food começou a vender sua mistura de leite, sorvete e achocolatado em 1959. Ao longo de décadas, “tomar um Ovomaltine” tornou-se metonímia, figura de linguagem que, nesse caso, designa o “Ovomaltine do Bob’s”. Isso até o anúncio da rede americana. Agora, por força contratual, o McShake incorpora o nome do conhecido produto composto de leite, cacau e malte, fabricado pelo grupo Associated British Foods. No concorrente Bob’s, curiosamente, a receita continua a mesma, com Ovomaltine, inclusive, mas o clássico local passa a se chamar Crocante. Esclarecida a confusão — houve até quem achasse que o Bob’s ia deixar de servir seu shake —, os navegantes da internet concentram-se em seu esporte favorito: tomar partido, e divergir. Uns fecharam com a versão original, que é orgulho da cadeia nascida no Rio, na Rua Domingos Ferreira, em Copacabana. Outros gostaram da novidade, que é um pouco mais barata: 9 reais contra os 11 do Bob’s, no tamanho médio. Correndo por fora, as lanchonetes Giraffas e Burger King entraram na brincadeira, e até a Philips criou seu meme, sugerindo que o cliente esqueça a briga e prepare o gelado em casa, em um liquidificador da marca. Em tempos de antagonismo irredutível, de mortadelas contra coxinhas, de que lado você vai ficar na hora da sobremesa?

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 12,90/mês