Clique e assine por apenas 4,90/mês

Metrô estuda abrir a Linha 4 ao público no próximo dia 6

O acesso deixaria de ser restrito aos espectadores da Paralimpíada. A empresa ainda vê a viabilidade de pertir o uso de bilhetes além do Rio Card Olímpico

Por Redação Veja Rio - Atualizado em 5 dez 2016, 11h07 - Publicado em 24 ago 2016, 17h15

O Metrô Rio estuda a possibilidade de liberar o uso da Linha 4 para toda a população – e não somente para os espectadores e voluntários – durante a Paralimpíada, a partir do dia 6 de setembro. Também está em revisão sobre a forma de pagamento, e já se cogita permitir o uso do bilhete unitário, vendido nos guichês das estações. O esquema de funcionamento para a competição será anunciado nos próximos dias.

+ Metrô será aberto no próximo dia 6 para público da Paralimpíada

+ Cidades candidatas a sediar os Jogos de 2024 travam disputa no Rio

Durante a Rio 2016, os passageiros só poderiam ingressar na linha portando o RioCard especial, com validade de um dia, no custo de R$ 25. Havia opção de comprar o ticket para três e sete dias (R$ 160). O vale transporte também permitia o acesso ao BRT Transolímpico (Deodoro-Recreio), a Linha 4 do metrô e o BRT Lote Zero (Jardim Oceâncio-Alvorada).

Publicidade