Clique e assine por apenas 4,90/mês

Aterro do Flamengo, Lagoa e Méier receberão reforço no policiamento

Inspirado no Lapa Presente, o aumento no efetivo será financiado pela Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio) e terá início a partir de dezembro

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 dez 2016, 11h44 - Publicado em 26 out 2015, 13h18

A partir de 1º de dezembro, o Méier, na Zona Norte, a Lagoa e o Aterro do Flamengo, na Zona Sul, receberão reforço no patrulhamento de policiais militares. Inspirado no modelo do lapa Presente, que aumentou a segurança naquela região, o acréscimo no efetivo será financiado pela Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio). 

+ Dados do Instituto de Segurança apontam redução nos casos de roubos

Cerca de 360 policiais da reserva vão trabalhar na segurança destes bairros, entre 6h e 22h. Eles usarão prioritariamente armamentos não letais. Entre eles, 60 pistolas Taser, 60 sprays de pimenta, distribuídas pelas equipes formadas por dois policiais militares e um civil, que ficará encarregado de filmar todas as ações dos agentes. O projeto, com investimento de R$ 22 milhões anuais, faz parte de um convênio firmado entre o Sistema Fecomércio e o governo do Rio, que entará com armas e veículos. 

 

 

Publicidade