Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Maus-tratos e abandono de gatos aumentam no Aterro do Flamengo

Número de agressões se intensificou nos últimos meses, de acordo com voluntários que ajudam animais na região

Por Da Redação 9 Maio 2022, 15h43

Todos os dias, voluntários da liga Fla.Gato marcam presença no Aterro do Flamengo para alimentar e oferecer cuidados aos felinos que vivem na região – mas o cenário encontrado nem sempre é feliz. “Quase diariamente encontramos gatos machucados ou mortos”, relata Camille Cardoso. Segundo a voluntária, os casos de abandonos e agressões, que já eram frequentes na região, aumentaram exponencialmente nos últimos meses.

+ Moradores alimentam jacarés no Recreio: isso é crime ambiental?

O grupo acredita que o número de ocorrências começou a se agravar após o início das obras de revitalização no Parque. “Nada do que nos prometeram foi entregue, como o gatil para segurança dos gatos, o aumento da iluminação e da fiscalização por parte dos seguranças”, afirma Camille.

Gatos com diferentes tipos de machucados já foram encontrados: cortes pelo corpo, bocas machucadas, felinos com diarreia severa, entre outros casos. “Muitos animais que eram antigos na nossa colônia estão simplesmente sumindo. Na hora de irem embora, alguns voluntários se despedem de todos sem saber se os gatos estarão vivos no dia seguinte”, desabafa a voluntária.

Foto mostra gato com boca machucada
Agressões: ferimentos na região do rosto são comumente vistos nos felinos ./Divulgação
Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

Um dos casos recentes que mais abalou os participantes da grupo foi do gatinho Sachê, encontrado com sinais de espancamento. O ocorrido motivou a Fla.Gato a fazer uma campanha virtual para exigir melhorias na região.

“Precisamos que o parque seja fechado à noite. Precisamos de mais iluminação e de mais segurança, para que as pessoas entendam que não sairão impunes quando cometerem essas atrocidades”, ressalta Camille, que também alerta sobre a importância de incentivar a adoção dos animais desabrigados. Nas redes sociais, a liga compartilha as fotos dos animais que buscam um novo lar.

+ Multa para quem ligar caixas de som na praia será superior a R$ 500

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (SMPDA) afirma, em nota, que “tem procurado envolver e agilizar a ação de todas as autoridades de Segurança Publica envolvidas”, entre elas, o Comando dos Batalhões de Policia Militar, a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente e a Guarda Municipal. A secretaria destaca que agressões a felinos têm acontecido também em outras regiões da cidade.

Segundo a pasta, no caso do Aterro do Flamengo, o patrulhamento noturno foi intensificado pelo 2º Batalhão de Polícia Militar, “já que o Aterro Presente atua até as 22 horas”.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado, com Blogs e Colunistas que são a cara da cidade.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

App Veja para celular e tablet, atualizado mensalmente com todas as edições da Veja Rio

a partir de R$ 12,90/mês