Clique e assine por apenas 4,90/mês

Para Matheus Nachtergaele

Na TV, o ator vive o personagem Encolheu na novela Saramandaia e, no cinema, é o protagonista da estreia Na Quadrada das Águas Perdidas

Por Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em 5 dez 2016, 14h17 - Publicado em 5 ago 2013, 19h40

Você é o único ator em cena no filme. Já tinha vivido essa experiência? No teatro, meu único monólogo foi na Escola de Arte Dramática (EAD) da USP, no início da minha formação. Em um filme, foi novidade. Estou em todas as cenas e em silêncio. Era um exercício de concentração interessante. Mas cinema é uma arte de equipe, e você nunca fica sozinho. Posso dizer que contracenava com a câmera, com os bichos, com a natureza…

Como era a rotina de filmagens num cenário tão árido? Tivemos dez dias intensos de calor e trabalho pela caatinga nas regiões de Petrolina e Juazeiro. Fomos acompanhados por integrantes do Exército, que montavam uma base perto da locação para maquiagem, alimentação e repouso. À noite, voltávamos a Petrolina para dormir.

Por que você é quase sempre escalado para papéis cômicos na TV? Não existe humor de qualidade sem o trágico nem tragédia sem senso de humor. Meus trabalhos no cinema e na TV se completam. O personagem Encolheu, por exemplo, é louco de amor pela Redonda e cego politicamente. Depois da explosão dela, ele terá um golpe de consciência.

Publicidade