Clique e assine com até 65% de desconto

Maternidade Leila Diniz vira referência no Método Canguru

Unidade de saúde acaba de receber do governo federal um certificado que comprova excelência no procedimento que dá maior conforto aos bebês prematuros

Por Redação Veja Rio Atualizado em 5 dez 2016, 12h08 - Publicado em 10 jun 2015, 17h54

A Maternidade Leila Diniz, na Barra da Tijuca, é a primeira do Rio a receber do Ministério da Saúde o certificado de referência no Método Canguru, procedimento que propõe o contato pele a pele da mãe com o bebê prematuro, aconchego fundamental no processo de desenvolvimento dos recém-nascidos de baixo peso. No Brasil hoje, há cinco centros que já receberam a certificação, além de outros 27 estabelecimentos em processo de avaliação. 

+ Vacinação contra gripe é prorrogada até a próxima semana

Entre 2000 e 2012, houve no país uma redução na mortalidade de crianças menores de um ano de 29,1 por mil nascidos vivos para 14 a cada mil. Com a pulverização do Método Canguru, espera-se que a taxa caia ainda mais.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade