Clique e assine por apenas 4,90/mês

Manutenção no sistema Guandu pode deixar cariocas sem água

O abastecimento será interrompido por 24 horas a partir da manhã de quinta-feira

Por Redação VEJA RIO - 7 nov 2017, 19h31

A manutenção preventiva anual do sistema Guandu, prevista para iniciar às 6h desta quinta-feira, 9, e terminar no mesmo horário do dia seguinte, poderá deixar cerca de 9 milhões de moradores do Rio e da Baixada sem água. A Cedae pediu às pessoas para economizarem durante a interrupção de fornecimento e adiarem tarefas domésticas que demandem grandes quantidades de água.

Edifícios com cisternas ou caixas d’água não deverão passar por escassez, mas em locais altos ou situados nas pontas do sistema, o tempo para a retomada do abastecimento pode chegar a 72 horas. O fornecimento será normalizado assim que o Guandu voltar funcionar. De acordo com a Cedae, caminhões-pipa vão garantir que não falte água em estabelecimentos de atendimento essencial à população, como hospitais.

 

Publicidade