Clique e assine por apenas 3,90/mês

Manual do Carnaval: dicas para não passar perrengue na folia

Um manual com tópicos de cuidados com a pele, maquiagem, orientações de segurança e outros conselhos preciosos

Por Carolina Barbosa - Atualizado em 20 fev 2020, 18h24 - Publicado em 20 fev 2020, 18h23

Às vésperas do início oficial do Carnaval 2020 (porque a folia já está rolando solta pela cidade), nada melhor do que estar preparado para aguentar a maratona. Sem sufoco, é claro, porque nem #perrenguechique a gente quer, né? É chegada a a hora de se divertir na Folia de Momo despreocupado. Por isso, VEJA RIO montou um manual com dicas ótimas para você “botar o bloco na rua” ou se “jogar no samba” na Marquês de Sapucaí.

1) Use bastante filtro solar. Emendar um bloco no outro sob este sol escaldante sem proteção pode te fazer se arrepender muito depois. Por isso, aplique o protetor ao menos 30 minutos antes de sair de casa. E não esqueça de reaplicá-lo. “Lembrando que devem ter FPS maior que 50. No corpo, os melhores são os filtros em sprays, de fácil aplicação, ou as loções mais fluidas, com boa espalhabilidade. O filtro pode inclusive a ajudar a “colar” o glitter na pele. E em tempos de febre amarela, não esquecer de usar o repelente também”, indica a dermatologista Juliana Piquet. “Cremes calmantes, pós sol e até corticoide, dependendo do caso, podem ajudar em casos de queimaduras”.

2) “Leve uma água termal na bolsa. Ela não só vai aliviar o calor, mas também ajudar a hidratar a pele. Pode borrifar no corpo todo e até nos cabelos, não esquecendo de reaplicar o protetor solar depois que a água secar”, sugere Piquet. “Além disso, cremes que ajudam na circulação sanguínea são uma boa opção para quem vai pular nos blocos. O ideal são aqueles indicados para grávidas para aliviar o cansaço nas pernas”, complementa.

3) “Para tirar o pouquinho de glitter que cai no rosto onde não queremos durante o make a dica é usar fita adesiva (durex). Na volta dos blocos, os demaquilantes bifásicos são os mais indicados, porque por serem oleosos eles retiram mais facilmente o glitter. Não esfregue para retirar, porque o ato pode agredir a pele. Faça movimentos bem suaves. Para os cabelos, a dica é enxaguar bem os fios antes de aplicar o xampu e reaplicar se for necessário. Não esquecer de hidratar depois, rosto, corpo e cabelos”, lembra a dermatologista, que vai além da pele do rosto: “Sapato fechado, com certeza. O melhor é tênis. Os pés estarão mais protegidos de objetos cortantes e de pisadas. Para evitar mal cheiro e frieiras, indico jogar talco dentro do sapato antes de calçar”.

4) Como sugere a campanha #Carnavaldalata, consuma bebida em latinha e evite garrafas nos blocos. Além de ser mais seguro e evitar acidentes, é uma maneira de garantir que o líquido contido ali não seja adulterado.

View this post on Instagram

Bebida segura é aquela que você sabe que vem fechada Neste Carnaval, recicle seus conceitos! Diga não à garrafa, beba na lata. #carnavaldalata #carnavalseguro #carnaval2020 #carnaval #sustentabilidade #economiacircular

Continua após a publicidade

A post shared by #carnavaldalata (@carnavaldalata) on

5) Olhem que legal esta dica da @brucamoreira publicada no @aboutcarnaval. Para evitar furtos ou roubos, ela ensina a amarrar o celular na pochete (veja no vídeo). Outro truque é usar uma doleira por baixo da roupa a fim de guardar notas mais altas de dinheiro, documentos e cartões. As amenidades podem ficar na pochete.

View this post on Instagram

Para evitar furtos de celular em bloco a @brucamoreira deu a dica de amarrar o celular na pochete, como muita gente veio nos perguntar como faz isso, ela fez esse vídeo demonstrando 👀 . #aboutcarnaval #carnaval2020 #dicasdecarnaval

A post shared by About Carnaval (@aboutcarnaval) on

6) “Está muito calor, os blocos são longos, muita gente vai de um para o outro, então o primeiro ponto é garantir a hidratação. Para isso, a gente tem que estar bem alimentado com alimentos que têm líquido, que são frutas, sucos de frutas, água de coco (são hidrantes naturais). Além do calor, normalmente as pessoas vão para bloco e bebem bebida alcoólica. O consumo de bebida alcoólica tem efeito diurético no corpo, então ajuda a fazer você perder água, então sempre consumir bebida alcoólica junto com alimento que hidrate (água, água de coco, fruta, suco de fruta) para manter a hidratação. Nunca ficar muitas horas sem comer, porque vai beber e isso aumenta os efeitos deletérios do álcool e hipoglicemia alcoólica. Sempre fazer boa refeição antes de sair de casa e levar lanches práticos (barrinhas, frutas secas, castanhas), coisas que não estragam e cabem em bolsas pequenas”, recomenda a nutróloga Flávia Pinho, da Care Club.

7) “Selecione sua bebida alcoólica. Tem bebidas, como cerveja e chope, que não têm pouca caloria, não têm pouco carboidrato e ao mesmo tempo você bebe muito. Tem bebidas como gim, que você bebe menos doses e tem teor alcoólico alto e caloria não desprezível. Bebidas como vodca, que têm menos carboidrato, menos caloria e você consegue beber menos. Selecione o tipo de bebida considerando o que tem de álcool, de caloria, de carboidrato e outros componentes, como a cerveja que tem o glúten. Uma dica é levar sua bebida no cantil, garrafinha, como gim com água com gás e especiarias, fica uma bebida super refrescante e leve que você pode controlar tanto caloria quanto carboidrato. Você pode misturar água com gás, com limão-siciliano, alecrim, pimenta, pepino e um pouco de gim, para não ter que beber com tônica”, completa a especialista.

 

Continua após a publicidade
Publicidade