Clique e assine por apenas 7,90/mês

Luiza Brasil: como curtir o Carnaval de um jeito sofisticadamente simples

Queridinha dos ícones de moda nacional e apaixonada pela folia, a jornalista influencer dá dicas para aproveitar com segurança, conforto e alto-astral

Por Abril Branded Content - 21 fev 2020, 15h30

A contagem regressiva para a festa mais importante do país já começou – já teve até esquenta nos últimos finais de semana. É hora de preparar a fantasia e carregar a bateria para cair na folia. 

Fã do Carnaval desde a infância, a influencer e comunicadora Luiza Brasil brinca que sua paixão pelos bloquinhos é herança genética, já que seu pai, nos anos 70, foi dono de um bloco. “O Carnaval é uma festa maravilhosa, é celebração, alegria e união das pessoas. Um evento festivo, mas muito politizado, no qual a gente rompe com a realidade e se entrega à diversão, sem deixar de questionar e discutir sobre temas muito importantes como o papel da mulher na sociedade e o valor da inclusão”, conta. 

Atraída por essa dualidade, desde 2013 Luiza passou a se envolver também nos preparativos, e hoje participa dos ensaios e do processo criativo das fantasias. “O Carnaval influencia o meu dia a dia durante o ano inteiro”, diz a influencer, que confessa sua preferência pelo tradicional e descolado Baile da Arara – evento que neste ano será patrocinado pela Stella Artois. “É uma festa sob medida, sem formalidades nem exageros, é sofisticadamente simples. As produções são mais bacanas e elaboradas do que o look casual dos blocos de rua, mas não é preciso usar nada que limite os movimentos ou nos iniba. Adoro.” 

A musa também participou recentemente do lançamento de Folia da Stella, uma coleção de Carnaval lançada pela marca de cerveja assinada pela estilista Isabela Capeto, exibindo uma das fantasias da linha em um desfile em formato de bloco de Carnaval.

Continua após a publicidade
Luiza Brasil
Braços para o ar e muita diversão no evento Folia da Stella. Bruno Ryfer/Divulgação

Presença marcante nos mais conceituados eventos de moda, Luiza revela aqui as dicas de amiga para você curtir o Carnaval sem abrir mão da segurança, do conforto e da diversão.

– Respeite seu corpo. Alimente-se muito bem antes de cair na folia e capriche na hidratação para conseguir manter o pique. 

– Aplique filtro solar no rosto e no corpo, para evitar danos à pele ou marquinhas indesejáveis dos adereços e fantasias. 

– Use um sapato confortável, de preferência tênis, para aguentar a maratona dos blocos e folia. “Apesar de fresquinhas e confortáveis, evite as rasteirinhas. Lembre-se de que você estará acompanhando a multidão, o risco de levar um pisão nos pés é grande”, alerta.

Continua após a publicidade

– Em relação à produção, a influencer aconselha o uso de roupas leves, confortáveis e fáceis de vestir, que facilitem as idas aos banheiros químicos. Ela avisa, ainda, que os acessórios pontiagudos devem ser evitados, pois podem machucar os outros foliões. “Não adianta usar um acessório que seja lindo, mas com o qual você não se sinta confortável para curtir. É importante se sentir bem com o que você está usando”, recomenda.  

– Invista nos acessórios tem-que-ter deste Carnaval: as pochetes e doleiras. Elas são indispensáveis para sua segurança. “Geralmente guardo os itens mais importantes, como a chave de casa, cartão e documentos dentro da doleira, e escondo dentro da roupa. Já a pochete fica por fora, porque o volume não fica nada bacana. E ali guardo os itens menos valiosos, como protetor solar, álcool em gel e um dinheirinho em espécie para não ficar pegando o cartão o tempo todo. Uma dica legal é colar um adesivo no seu cartão de crédito pra poder identificá-lo facilmente e não correr o risco de passar por uma troca.  Ah! Também deixo o celular na pochete, já que no meu caso ele é meu equipamento de trabalho e tenho que ter fácil acesso caso precise registrar alguma coisa. Mas ele fica resguardado e evito pegá-lo a todo momento. Até porque a grande intenção do bloco de Carnaval é dançar, curtir e aproveitar a companhia dos amigos. Vale a pena ficar um pouco off-line”.

– Marque um ponto de encontro, caso você se perca da turma. Segundo Luiza, como o bloco se movimenta bastante, o ideal é escolher uma pessoa específica como referência, como por exemplo o baterista. Assim ninguém se perde ou fica para trás.

– Cheguem todos juntos para curtir a folia, já que é difícil encontrar os amigos diante da multidão animada. “Eu, pessoalmente, não gosto de sair em grupos grandes. Vamos todos no mesmo carro, umas 4 a 5 pessoas. Dessa forma todo mundo consegue se encontrar e se divertir. E se por um acaso você se perder, a chance de ter um amigo por perto é maior”.

Continua após a publicidade

– É da turma dos blocos? “Programe-se para ir aos seus favoritos, mas também deixe a festa te levar – quem sabe você não conhece um bloco novo e se diverte ainda mais?”, sugere Luiza. Além disso, valorize os músicos que são a essência da festa cantando muito e respeitando a passagem do bloco. A marca Stella Artois, por exemplo, leva a folia a sério: neste Carnaval, é a cerveja que vai abastecer os músicos de blocos cariocas como Prata Preta e Terreirada Cearense (22/2), Bloco Virtual (24/2) e Agytoê (26/2).

Publicidade