Clique e assine por apenas 4,90/mês

Luiz Carlos Miele morre no Rio aos 77 anos

Artista e produtor trabalhou com nomes como Roberto Carlos e Wilson Simonal

Por Agência Brasil - Atualizado em 5 dez 2016, 11h46 - Publicado em 14 out 2015, 14h32

O ator, produtor cultural e diretor Luiz Carlos Miele, de 77 anos, morreu hoje (14) no Rio de Janeiro. Ele estava em sua casa, na Gávea, zona sul.

O corpo foi encontrado pelos bombeiros, acionados esta manhã para atender a uma ocorrência de mal súbito, no local. A família ainda não definiu onde ocorrerão o velório e o enterro.

Natural de São Paulo, Luiz Carlos Miele foi locutor das rádios Nacional do Rio de Janeiro, Excelsior e Tupi, na década de 1950, antes de seguir carreira na televisão. Produziu uma série de programas e dirigiu artistas famosos por décadas.

No início da carreira, trabalhou ao lado do amigo Ronaldo Bôscoli, com quem organizou o show de bossa nova no Beco das Garrafas, que revelou o ritmo musical. Juntos também produziram o programa O Fino da Bossa, apresentado por Elis Regina e Jair Rodrigues, na TV Record, na década de 1960. Miele também dirigiu shows de artistas como Roberto Carlos, Wilson Simonal e Sergio Mendes.

Televisão

Nas décadas seguintes, trabalhou em diversas emissoras de TV. Apresentou e fez a seleção musical de programas como o Fantástico, da TV Globo. Na antiga TVE, por exemplo, fazia entrevistas e recebia convidados em A Vida é um Show, em 2002.

Miele também atuou em programas de humor e foi ator de cinema e televisão. Entre os últimos trabalhos estão a novela Geração Brasil e a série A Teia, ambas na TV Globo, em 2014.

Atualmente, fazia apresentações de humor, em que revelava curiosidades de personalidades e grandes artistas com quem conviveu durante a carreira.

Publicidade