Clique e assine por apenas 4,90/mês

L’Oréal inaugura centro de pesquisa e inovação na Ilha do Fundão

Orçada em R$ 160 milhões, unidade brasileira se junta a outras seis no mundo

Por Redação VEJA RIO - 24 out 2017, 18h39

Com investimento de R$ 160 milhões, a L’Oréal inaugurou o seu Centro de Pesquisa e Inovação nesta terça (24) na Ilha do Fundão, na Cidade Universitária. Criado para o desenvolvimento de produtos que atendam a diversidade das expectativas de beleza dos consumidores brasileiros, o local se junta a outros seis centros do Grupo no mundo.

Durante o evento de inauguração, a multinacional anunciou uma novidade para a comunidade científica brasileira. Contrária aos métodos de testes que utilizam cobaias animais, a empresa divulgou que estará disponibilizando o seu modelo de pele reconstruída – chamado Episkin – para o uso de especialistas brasileiros a partir de 2018.

Publicidade