Clique e assine por apenas 3,90/mês

Livro reúne mais de 200 imagens do Rio em rica paleta de cores

Histórias e curiosidades sobre o Rio e seus habitantes

Por Heloiza Gomes - Atualizado em 2 jun 2017, 12h16 - Publicado em 16 jan 2016, 00h00

As cores da cidade

Trata-se de uma grande homenagem à sua cidade natal. Com o objetivo de mostrar o colorido variado das paisagens cariocas, a fotógrafa Lilian Granado reuniu mais de 200 imagens em Tons do Rio (Réptil Editora). A rica paleta apresentada no livro vai de frutas e verduras nas barraquinhas de feira a pontos turísticos, como o Maracanã, o Pão de Açúcar e o Jardim Botânico. “Sou apaixonada pelo Rio e, diante de tantas notícias ruins, decidi buscar o que ele tem de bom. As cores aqui são muito intensas, têm uma luz incrível o tempo todo”, observa Lilian, que, para o trabalho, fotografou por mais de um ano. No meio do processo, ela descobriu que estava grávida. A notícia só lhe trouxe mais ânimo. “Como estava muito feliz, comecei a enxergar ainda mais detalhes por onde andava”, revela. A empolgação continua: a fotógrafa garante não ter esgotado ainda todas as possibilidades e promete lançar outras obras inspiradas no mesmo tema.

Manobras radicais

Às vésperas do Carnaval, Madureira, tradicional reduto do samba, fará um pequeno desvio de rota. O bairro vai sediar o Oi Bowl Jam, parte do circuito mundial de skate no bowl, a pista na foto abaixo. O evento acontece pela terceira vez consecutiva e receberá os 26 maiores atletas da modalidade — entre eles, o pentacampeão mundial Pedro Barros. A prova inicia a temporada 2016, e o vencedor levará 50 000 dólares. Aberta ao público e gratuita, a competição no Parque Madureira também será transmitida pelo SporTV, nos dias 29 e 30, e pela Globo, no dia 31, quando ocorre a grande final.

Oi Bowl Jam
Oi Bowl Jam

Mais uma dose

A estrutura do jogo é conhecida: um tabuleiro, trinta cartas e quatro peões, além de um livro com 1 000 perguntas de múltipla escolha e suas respectivas respostas. Curiosa é a temática: o mundo do vinho e suas peculiaridades. “Se é possível aprender brincando, por que não se pode aprender bebendo?”, sugere o sommelier Celio Alzer, que acaba de relançar O Jogo do Vinho. Apresentada ao mercado em 2009, a primeira edição do jogo se esgotou em três meses. Agora, na nova versão, ele está disponível em quinze pontos de venda, como a Casa Carandaí, no Jardim Botânico, e o Talho Capixaba, no Leblon, além de ser encontrado no site www.seloreserva.com.br.

O Jogo do Vinho
O Jogo do Vinho

544 prisões…

…foram efetuadas pela Operação Segurança Presente, em apenas um mês. A maior parte delas (371) se deveu ao porte de entorpecentes. O programa foi implantado em dezembro, no Aterro do Flamengo, na Lagoa Rodrigo de Freitas e no Méier, e conta com mais de 400 agentes, entre policiais militares e civis egressos das Forças Armadas. As equipes trabalham em dois turnos de oito horas e são monitoradas por GPS — todas as suas abordagens são registradas em vídeo. Além do número de prisões, chama atenção o fato de que, desde o início das operações, não houve mais ocorrências de roubo de bicicleta no Aterro e na Lagoa.

Continua após a publicidade
Publicidade